Gerrard evita falar em aposentadoria da seleção inglesa

Esportes

Gerrard evita falar em aposentadoria da seleção inglesa

São Paulo - A partida decisiva contra o Uruguai, nesta quinta-feira, em São Paulo, pela Copa do Mundo, pode ser uma das últimas vezes em que o capitão Steven Gerrard vestirá a camisa da seleção da Inglaterra. O meia do Liverpool pode ver a equipe ser eliminada no torneio em caso de derrota, mas disse nesta quarta que prefere não pensar na possível aposentadoria a ser anunciada depois da Copa.

Aos 34 anos, o jogador está em seu terceiro Mundial e em entrevista no fim de maio havia insinuado que pode abandonar a seleção inglesa depois da Copa. "Por enquanto não posso pensar que o jogo contra o Uruguai pode ser um dos meus últimos pela equipe. Prefiro me concentrar no Uruguai e como capitão, pensar no nível do time", afirmou em entrevista coletiva nesta quarta.

Gerrard elogiou a equipe uruguaia e disse que tem conversado com os seus colegas e percebido o clima de confiança para o jogo. "Podemos criar problemas para eles se conseguirmos impor o nosso ritmo. Só precisamos ter cuidado com as jogadas deles pelas laterais do campo", explicou.

O jogador é o segundo mais velho do elenco (Frank Lampard tem 35 anos) e já apontou Raheem Sterling, de 19, como uma grande revelação do grupo atual com potencial para defender a Inglaterra nos próximos anos. "Há muito pressão sobre ele, é muito jovem e vem de uma ótima temporada. Tenho certeza que ele estará em um ótimo nível e vai se manter assim por longo tempo", comentou.