Lampard diz não saber se seguirá defendendo Inglaterra

Esportes

Lampard diz não saber se seguirá defendendo Inglaterra

Redação Folha Vitória

Rio - Apesar da decepção de não ter atuado nenhum minuto na Copa do Mundo até aqui e da idade avançada, o meia Frank Lampard ainda não decidiu se vai continuar defendendo sua seleção depois da competição. O jogador de 36 anos viu do banco de reservas as duas derrotas da Inglaterra no Mundial e a consequente eliminação precoce de seu país no torneio por causa dos resultados.

"Não sei ainda se vou me aposentar da seleção ou não", afirmou o meia à rádio da rede britânica BBC, em entrevista reproduzida nesta segunda-feira pelo site oficial da Fifa. "Vou para casa e só vou tomar essa decisão depois porque ainda tenho o meu próprio destino para resolver", explicou Lampard, que comunicou antes do Mundial que deixaria o Chelsea depois de 13 temporadas.

Depois de deixar o clube inglês em comum acordo com a diretoria e o técnico José Mourinho, Lampard foi elogiado pelo português. O treinador disse que o meia é um jogador com potencial para comandar o Chelsea no futuro, palavras que deixaram o craque inglês feliz.

"É muito bom ouvir isso dele. Em qualquer situação, eu amaria estar envolvido com o clube de alguma forma, seja sendo o treinador ou apenas torcendo. Essa foi a minha vida nos últimos 13 anos e isso vai continuar assim, não importa o que aconteça no futuro", disse o atleta revelado no West Ham, contratado pelo Chelsea em 2001. Ele estará à disposição do técnico Roy Hodgson para a despedida da Inglaterra da Copa, nesta terça-feira, contra a Costa Rica.