Lesão preocupa e Buffon passará por teste antes de jogo

Esportes

Lesão preocupa e Buffon passará por teste antes de jogo

Manaus - As informações sobre a situação do goleiro Buffon que saem da concentração italiana são preocupantes. Se na sexta-feira à noite o técnico Cesare Prandelli falava em "levíssima torção no tornozelo" e que não era nada grave, agora já se admite que o capitão pode desfalcar a equipe na estreia de logo mais contra a Inglaterra porque ele ainda sente dor. O confronto na Arena Amazônia, em Manaus, está marcado para começar às 19 horas.

Entre os jornalistas italianos há uma divisão de opiniões. Alguns acham que Buffon entrará em campo, e outros afirmam com convicção que ele já está fora da partida, abrindo espaço para Sirigu, goleiro do Paris Saint-Germain. O mistério será desfeito só depois de um teste que o goleiro fará já no estádio.

O lance em que Buffon se machucou ocorreu na parte final do treino de reconhecimento do gramado da Arena Amazônia, quando a imprensa já havia sido retirada (foi permitido ver apenas os primeiros 15 minutos da atividade). O que se comenta é que a torção (não há confirmação se foi no tornozelo direito ou no esquerdo) aconteceu quando ele resolveu cobrar uma falta. Se isso for verdade, é uma situação que lembra a do volante Emerson em 2002.

Capitão do Brasil naquela ocasião, Emerson foi jogar de goleiro no rachão disputado na véspera da estreia contra a Turquia, machucou o ombro e ficou fora da Copa. O caso de Buffon não parece grave a ponto de ameaçar sua presença na competição, mas é semelhante porque a lesão ocorreu quando ele foi fazer um papel que não é seu.

Caso o capitão fique mesmo fora da estreia em seu quinto Mundial (marca que apenas o goleiro mexicano Carbajal e o meia alemão Lotthar Mattheus também têm), será uma triste coincidência para ele. Há exatos quatro anos, no dia 14 de junho de 2010, ele machucou as costas e teve de ser substituído no intervalo da partida contra o Paraguai pela primeira rodada da Copa - e não jogou mais no torneio, do qual a seleção italiana foi eliminada na primeira fase. Os italianos mais pessimistas já dizem que 14 de junho é um dia de azar para Buffon, porque quando ele machucou já era sábado na Itália. E os supersticiosos lembram que no Brasil ainda era sexta-feira 13.