Ochoa diz que fez a "partida da vida" diante do Brasil

Esportes

Ochoa diz que fez a "partida da vida" diante do Brasil

Fortaleza - A Copa do Mundo, como o mundial de qualquer modalidade, é o lugar para que os melhores atletas tenham seus melhores desempenhos. E foi assim com o goleiro Ochoa, que, nesta terça-feira, parou o Brasil para garantir o empate em 0 a 0 para o México, em Fortaleza, na segunda partida das duas equipes na Copa.

"É a partida da minha vida e fazer isso em uma Copa do Mundo, na frente de toda a torcida, é incrível", disse Ochoa, após ser eleito pela Fifa como o melhor jogador da partida e enquanto seus olhos eram tomados por lágrimas.

Foram quatro grandes defesas do goleiro do Ajaccio durante a partida. No primeiro tempo, ele salvou em cima da linha um cabeceio do Neymar, à meia altura, junto ao poste direito. Depois, saiu aos pés de Paulinho para salvar o México. Na segunda etapa, pegou chute forte de Neymar e defendeu, no reflexo, cabeceio à queima-roupa de Thiago Silva.

"O cabeceio (de Neymar) foi o mais complicado, um arremate seco, defendido junto à trave. Foi o que gostei mais", disse Ochoa, quando perguntado sobre sua defesa preferida na partida. Aos 28 anos, o goleiro está na sua terceira Copa do Mundo, mas só nesta entrou em campo. Até as vésperas do Mundial, disputava posição com Jesús Corona, goleiro do título olímpico do México em 2012.