Auditoria interna aponta problemas nas contas de 2014 da antiga gestão do Santos

Esportes

Auditoria interna aponta problemas nas contas de 2014 da antiga gestão do Santos

Redação Folha Vitória

Santos - O Conselho Fiscal do Santos reprovou as contas da gestão de 2014, que era do ex-presidente Odílio Rodrigues. Uma auditoria interna realizada por uma empresa especializada, a Parker Randall Auditores, apontou diversas irregularidades em um detalhado parecer divulgado neste domingo pelo jornal A Tribuna, da cidade de Santos.

A auditoria abordou pontos problemáticos e polêmicos na gestão anterior como a contratação do centroavante Leandro Damião, que custou R$ 43 milhões e hoje está no Cruzeiro, a relação da antiga diretoria com o fundo de investimentos Doyen Sports, que havia investido na compra de Damião, e a contratação do meia Lucas Lima.

Com base na decisão do Conselho Fiscal, o Conselho Deliberativo do clube analisará os números em reunião que será realizada na próxima quinta-feira. Lucas Lima, que não jogou o clássico contra o Corinthians no último sábado porque estava suspenso, ainda pode ser negociado. O Porto, de Portugal, é um dos clubes interessados.

Em campo, o Santos só voltará a atuar no próximo domingo contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, como não terá compromisso no meio de semana, a equipe comandada pelo técnico Marcelo Fernandes enfrentará o São Caetano na próxima quarta-feira, às 15h30, no CT Rei Pelé, em um jogo-treino.