• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chileno diz que Uruguai será 'cara de pau' se denunciar Jara por 'mão boba'

Esportes

Chileno diz que Uruguai será 'cara de pau' se denunciar Jara por 'mão boba'

Santiago - Enquanto até o presidente do clube em que atua Gonzalo Jara, o Mainz 05, critica a agressão do chileno contra Edinson Cavani nas quartas de final da Copa América, os jogadores da seleção do Chile tentam minimizar o ato do volante. Nesta sexta-feira, foi a vez de David Pizarro sair em defesa do companheiro.

"Me pareceria muito cara de pau se vier alguma acusação por parte dos uruguaios. Gonzalo está muito tranquilo. São coisas que acontecem em campo. Logicamente que hoje em dia no futebol moderno tem muitas câmeras, e logicamente ficou claro o seu gesto", comentou Pizarro, reforçando a reclamação dos chilenos de que o Uruguai foi violento no jogo.

No lance polêmico, Jara provocou o uruguaio Cavani bulinando o ânus do rival. O atacante reagiu - sem contudo agredir o chileno - e foi expulso pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci. A Conmebol já abriu um processo disciplinar contra Jara, mas a Associação Uruguaia de Futebol ainda não decidiu se vai apresentar uma denúncia formal.

Para Pizarro, a repercussão do lance fez ficar em segundo plano a boa atuação do Chile. "É lamentável que não se valorize o jogo do Chile naquela noite, com 80% de posse de bola. Jogaram dois estilos, e que bom que ganhou o bom futebol."