Elvis relembra gol decisivo e diz entender rodízio no Botafogo

Esportes

Elvis relembra gol decisivo e diz entender rodízio no Botafogo

Redação Folha Vitória

Rio - O meia Elvis vive sensações diferentes às vésperas do duelo com o Macaé, no próximo sábado, fora de casa, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Afinal, ele reencontrará o adversário em que marcou o seu mais importante gol pelo clube, mas ainda não sabe se vai entrar em campo.

Elvis foi o autor do gol da vitória do Botafogo por 1 a 0 sobre o Macaé, em 8 de abril, no Engenhão, que garantiu ao time o título da Taça Guanabara, a primeira fase do Campeonato Carioca, num momento de reconstrução da equipe.

"Foi um jogo importante e um gol muito bom para a minha sequência no clube, já que eu estava em busca da minha afirmação. Sabíamos que seria difícil conquistar aquele título, mas o nosso sacrifício foi recompensando. Vamos enfrentar o Macaé agora para buscar uma nova vitória e vamos fazer de tudo para que isso aconteça", disse.

Porém, Elvis deve ficar no banco de reservas do Botafogo no duelo com o Macaé, pois René Simões indicou em treino que deve escalar Fernandes na sua posição. O jogador garantiu entender a opção do treinador, que vem revezando os titulares do meio-de-campo.

"Estou bem para jogar, mas esse revezamento sempre está sendo feito no grupo. Não é de hoje que o René vem fazendo isso e temos que estar preparados para entrar em campo e dar conta do recado", afirmou, prometendo que o Botafogo não vai se iludir com o bom começo na Série B - o time lidera a divisão de acesso com 20 pontos.

"Na minha cabeça não mudou nada, mas sei que eu tenho que trabalhar dobrado. Estamos na liderança e temos que lutar ainda mais para furar a marcação cada vez mais forte dos times que jogam contra nós. Estamos bem e não vai ser um empate em casa que vai nos fazer pensar que está tudo errado. Vamos seguir em frente", concluiu.