Número de mortos em festa do título em Cali chega a sete

Esportes

Número de mortos em festa do título em Cali chega a sete

Redação Folha Vitória

Cali - Chegou a sete o número de pessoas mortas como consequência dos distúrbios causados pela festa de celebração do título do Deportivo Cali no Campeonato Colombiano, domingo. Quatro pessoas tiveram suas mortes confirmadas nas últimas horas, enquanto três haviam sido falecido até as primeiras horas de segunda-feira.

"Desde a noite de domingo até a manhã de hoje (terça-feira), ingressaram mais de 70 pacientes no pronto socorro, dos quais 14 feridos com arma de fogo, 21 com armas cortantes e 41 por acidentes de trânsito", detalhou Luis Fernando Pino, chefe de urgências do Hospital Universitário del Valle.

A Polícia de Cali, entretanto, minimiza os números e afirma que nem todas as pessoas feridas tiveram relação com a celebração do título do clube da cidade. "As lesões aconteceram em brigas de pessoas com camisetas alusivas ao Deportivo Cali, mas não têm a ver com a festa, até onde sabemos", argumentou o coronel Wilson Vergara, subcomandante da polícia local.

A imprensa colombiana, entretanto, contabiliza que mais de 100 ficaram feridas após o empate por 1 a 1 diante do Independiente Medellín, na casa do adversário, que selou o título do time de Cali.

Alguns dos casos de violência aconteceram em Medellín, onde, inclusive, torcedores invadiram o campo após o apito final e tentaram agredir o técnico do Deportivo, Fernando Castro. A maior concentração de feridos, no entanto, aconteceu mesmo em Cali, onde milhares de fãs foram às ruas e vestiram a cidade de verde e branco em meio às comemorações.