• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Oeste vence e amplia jejum do Ceará para sete jogos na Série B do Brasileiro

Esportes

Oeste vence e amplia jejum do Ceará para sete jogos na Série B do Brasileiro

Osasco (SP) - Em um jogo de poucas emoções, o Oeste venceu o Ceará por 2 a 0, nesta sexta-feira, no estádio José Liberatti, em Osasco (SP), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time paulista venceu pela primeira vez em casa e agora soma 10 pontos, por enquanto ocupando a 13.ª posição. Do outro lado, clube cearense está na penúltima posição, com apenas cinco pontos.

Se a vitória dá um certo alívio no lado do Oeste, da cidade de Itápolis e que manda seus jogos em Osasco, o contrário acontece do lado cearense. O time não vence há sete jogos e continua dentro da zona do rebaixamento sem mostrar força para reação. O Ceará foi dirigido por Paulo Pereira, auxiliar técnico e irmão de Silas Pereira, que foi expulso na rodada anterior, quando a equipe empatou, por 3 a 3, com o Santa Cruz, na Arena Castelão, em Fortaleza.

No primeiro tempo, o Oeste não achou caminho para superar a boa marcação do Ceará, que teve as duas melhores chances para abrir o placar. Aos 15 minutos, em uma falta cobrada por Ricardinho que Rafael Santos espalmou por cima do travessão. E aos 43, quando o capitão Ricardinho cobrou escanteio e na primeira trave Vinícius desviou de cabeça. A bola bateu na trave e saiu.

O Oeste ainda perdeu o estreante Rafael Martins, que sofreu uma fratura no braço esquerdo ao tentar dar uma bicicleta, aos 23 minutos.

No segundo tempo, o Ceará ficou muito atrás e permitiu o crescimento do Oeste. Apesar de Ricardinho - sempre ele - dar um susto em Rafael Santos em falta com curva aos 18 minutos, quem marcou foi o time da casa. Aos 27, Wangler cobrou escanteio do lado esquerdo, Júnior Negão desviou de cabeça na primeira trave e na pequena área Daniel Gigante completou com a perna direita esticada.

Os cearenses se abateram e nem as substituições deram certo. Aos 34 minutos, o Oeste "fechou o caixão" em jogada individual de Júnior Negão. Ele roubou a bola de Buiú, superou dois adversários e fez o passe perfeito para Rodriguinho, na frente da grande área. Ele soltou a bomba e contou com a ajuda do goleiro Luís Carlos, que foi com "a mão mole" na bola.

O Oeste agora só volta a campo no outro sábado, dia 4, em Pernambuco, contra o Náutico. Na próxima terça-feira, o Ceará abre a 10.ª rodada em Lucas do Rio Verde (MT) contra o Luverdense.

FICHA TÉCNICA

OESTE 2 x 0 CEARÁ

OESTE - Leandro Santos; Daniel Gigante, Halisson e Ligger; Weldinho, Wangler, Leandro Mello, Mazinho (Renato Xavier) e Fernandinho; Rafael Martins (Rodriguinho e Branquinho) e Júnior Negão. Técnico: Roberto Cavalo.

CEARÁ - Luís Carlos; Buiú, Gilvan, Charles e Fernandinho; Baraka (Wescley), Uillian Correia, Ricardinho e Roger Gaúcho; Fabinho (Siloé) e Vinícius (Rodrigo Silva). Técnico: Paulo Pereira (auxiliar).

GOLS - Daniel Gigante, aos 27, e Rodriguinho, aos 34 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Liger (Oeste); Gilvan (Ceará).

ÁRBITRO - Devarly Lira do Rosário (ES).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio José Liberatti, em Osasco (SP).