Taiana/Fernanda Berti fura o quali e será 5ª do dupla do Brasil na Noruega

Esportes

Taiana/Fernanda Berti fura o quali e será 5ª do dupla do Brasil na Noruega

Redação Folha Vitória

Stavanger - O Brasil terá cinco times na chave feminina do Major de Stavanger, etapa norueguesa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Depois de vencerem um desnecessário country-cota, Taiana e Fernanda Berti vencerem duas partidas nesta terça-feira e furaram o qualifying, avançando a este que é o terceiro torneio válido para a corrida olímpica brasileira.

O country-cota de segunda-feira acabou sendo desnecessário porque Lili/Carol Horta, dupla derrotada na disputa interna brasileira, mesmo assim entrou no qualifying. Depois de chegarem às quartas de final em Moscou (Rússia) e às oitavas em Porec (Croácia), desta vez elas não conseguiram furar o quali.

Lili e Carol abriram o dia vencendo Numwong/Hongpak (Tailândia), por 2 sets a 1 (21/10, 18/21 e 15/4), mas na sequência foram derrotadas por Schwaiger/Hansel (Áustria), também em três sets, com parciais de 21/15, 18/21 e 15/13.

Já Taiana e Fernanda tiveram um dia tranquilo. Passaram pelas sul-africanas Pierangeli/Sittig com duplo 21/9 e depois venceram as lituanas Povilaityte/Dumbauskaite com placar de 21/15 e 21/8.

A chave principal em Stavanger terá Maria Clara/Carol (convidada pela organização), Larissa/Talita, Juliana/Maria Elisa e Ágatha/Barbara Seixas. O torneio é o terceiro de nove que valerão para a corrida olímpica. Cada dupla pode fazer dois descartes.

MASCULINO - Depois de vencer o country cota em Moscou e Porec, Álvaro Filho e Vitor Felipe não tiveram a mesma sorte em Stavanger. Os paraibanos foram derrotados por Márcio Araújo/Saymon, por 2 a 1 (24/22, 15/21 e 15/12) e estão fora da etapa norueguesa. Os vencedores, que mais cedo havia eliminado Bruno/Hevaldo, jogam o qualifying na quarta.

Se avançarem, esta será a primeira vez que o veterano Márcio (41 anos), prata olímpico em Pequim, e garoto Saymon, de 21, jogam juntos uma etapa do Circuito Mundial. Eles são azarões na corrida olímpica. Evandro/Pedro Solberg, Alison/Bruno Schmidt e Ricardo/Emanuel entram direto na chave principal.

Pontos moeda