• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chile encara Austrália buscando vaga na semi e maior regularidade nos 90 minutos

Esportes

Chile encara Austrália buscando vaga na semi e maior regularidade nos 90 minutos

Moscou - A seleção do Chile enfrenta a Austrália neste domingo, às 12 horas (de Brasília), no Spartak Stadium, em Moscou, na Rússia, pela terceira e última rodada do Grupo B da Copa das Confederações, buscando se garantir na semifinal e demonstrar que pode ser um pouco mais regular durante os 90 minutos.

Tanto na vitória da estreia sobre Camarões quanto no empate com a Alemanha, por 1 a 1, o Chile teve um desempenho avassalador no início, fruto de seu futebol de alta movimentação. Mas, em seguida, a equipe sentiu o desgaste físico e caiu muito de rendimento.

"O desgaste acontece porque tentamos buscar o gol, estar atacando a todo momento", avaliou o meio-campista Leonardo Valencia. "Se você está correndo e buscando o gol a cada momento, é difícil manter o ritmo nos 90 minutos". Ainda assim, apesar da instabilidade, o Chile se garante na semi com um simples empate.

A Austrália, por sua vez, que precisa vencer, espera um jogo difícil contra o Chile. Na Copa do Mundo de 2014, aliás, as duas equipes se enfrentaram na primeira fase. E os sul-americanos ganharam por 3 a 1. "Estamos ansiosos. Atuamos bem na última Copa do Mundo e agora queremos ir ainda melhor", garantiu o atacante Tim Cahill.

O Chile lidera o Grupo B com os mesmos quatro pontos da Alemanha. A Austrália, por sua vez, soma um e precisa vencer por dois gols de diferença para não depender do duelo no mesmo horário entre Alemanha e Camarões, que também soma um.