• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cotado para ser dirigente do Flamengo, Autuori vira treinador do Ludogorets

Esportes

Cotado para ser dirigente do Flamengo, Autuori vira treinador do Ludogorets

Autuori foi apresentado no clube búlgaro uma semana depois de deixar o cargo de diretor esportivo de futebol do Fluminense, função que exerceu durante cinco meses

Cotado para virar dirigente do Flamengo, Paulo Autuori foi anunciado nesta quarta-feira como o novo treinador do Ludogorets, da Bulgária. O clube não revelou o tempo de contrato do técnico brasileiro, que vai substituir Dimitar Dimitrov, demitido no início desta semana.

Autuori foi apresentado no clube búlgaro uma semana depois de deixar o cargo de diretor esportivo de futebol do Fluminense, função que exerceu durante cinco meses. Depois da saída, ele era cogitado para realizar função semelhante no rival Flamengo, que estava com o cargo vago desde a saída de Paulo César Carpegiani.

"É uma grande honra para mim estar aqui e fazer parte deste ambicioso projeto", declarou Autuori, ao ser apresentado. "Nos meus 43 anos de carreira, sempre participei de bons projetos. E aqui quero repetir o crescimento e o sucesso que tive. Estou feliz de estar neste país", afirmou.

O desafio de Autuori no comando do Ludogorets será levar a equipe a ter algum sucesso nas competições europeias. Seu antecessor, Dimitrov, manteve o time em alta em nível nacional, mas não conseguiu repetir o sucesso fora das fronteiras do país. "Nossa estratégia é crescer. Estabelecemos metas mais elevadas para nós", disse o diretor executivo do clube, Angel Petrichev.

Autuori voltará a comandar um time após um ano. Ele não exercia a função de treinador desde que liderou o Atlético Paranaense no início da Copa Libertadores de 2017. Em maio do passado, deixou a função para se tornar diretor de futebol. Em dezembro, se transferiu para o Fluminense.

Aos 61 anos, o treinador tem no currículo dois títulos da Libertadores, pelo Cruzeiro e pelo São Paulo. Também foi campeão brasileiro e mundial, pelo mesmo São Paulo.