• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cueva perde pênalti e Dinamarca vence o Peru pelo Grupo C

FOLHA NA COPA

Esportes

Cueva perde pênalti e Dinamarca vence o Peru pelo Grupo C

Com direito a estreia de Guerrero na Copa do Mundo, dinamarqueses vencem com gol de Poulsen e têm os mesmos três pontos da França na chave

Poulsen marcou o gol da Dinamarca diante da seleção peruana (Foto: Clive Mason/ Getty Images0

A Dinamarca venceu o Peru por 1 a 0, neste sábado (16), em Saransk, pelo Grupo C da Copa do Mundo de 2018.

O jogo foi marcado pelo pênalti perdido por Cueva e pela entrada de Paolo Guerrero na segunda etapa, além do gol de Yussuf Poulsen — o único da partida.

Além de Poulsen, um dos destaques da vitoriosa Dinamarca foi Kasper Schmeichel, goleiro da equipe, que fez grandes defesas.

Peru é melhor no 1º tempo, mas desperdiça pênalti

Aos oito minutos, Yotún soltou bomba pela meia esquerda e Schmeichel defendeu com segurança.

Aos 13, André Carrillo fez boa jogada pela direita, levou para a entrada da área e chutou no canto, mas o goleiro da Dinamarca espalmou.

A primeira boa chance dinamarquesa veio aos 27 minutos, quando Delaney arriscou chute de fora da área. A bola sai pouco acima do travessão.

Aos 29, quase o Peru abriu o placar. Farfán recebeu pela direita e encheu o pé, mas a bola fica na rede pelo lado de fora.

Aos 39, em falta pela entrada da área, Eriksen bateu na barreira do Peru.

O VAR (árbitro de vídeo) entrou em ação aos 44. Após sofrer entrar de Poulsen, Cueva desabou pedindo pênalti e Bakary Gassama pediu para revisar o lance.

O árbitro de Gâmbia marcou a penalidade, mas, na cobrança, Cueva isolou.

No 2º tempo, a Dinamarca abre o placar

Aos 12, o Peru perdeu boa chance. Cueva recebeu na área, com espaço, e deixou a marcação atrás. Ele rolou para Advíncula, que dominou mal e mandou para fora.

Tantas chances o Peru desperdiçou que a Dinamarca puniu a falta de efetivadade peruana aos 14 minutos. Em contra-ataque, Eriksen avançou pela esquerda, carregou a bola e colocou Poulsen na cara do gol. O camisa 20 tocou na saída de Gallese para abrir o placar.

Aos 16, o empate quase veio. Flores foi acionado na grande área em grande passe de Cueva. Ele bateu firme e cruzado, mas Schmeichel fez grande defesa e espalmou.

Aos 17 minutos, Guerrero deixou o banco de reservas e entrou em campo. Dois minutos depois, a primeira finalização do camisa 9: ele recebeu cruzamento na área e cabeceou firme, mas Schmeichel agarrou.

O Peru levou perigo mais uma vez aos 24. Rodríguez foi acionado em cruzamento na área e escorou para o meio. A bola cruzou toda a pequena área e ninguém apareceu para completar.

Aos 34, quase um golaço em Saransk: de costas para o gol, Guerrero recebeu passe de Cueva e chutou de calcanhar. A bola passou ao lado do canto esquerdo de Shmeichel e foi para a fora.

Schmeichel voltou a brilhar aos 39 minutos. Após jogada de Carrillho pela linha de fundo, Farfán recebeu livre na grande área e chutou firme, mas o goleirão defendeu com os pés.

Aos 41 minutos, Eriksen perdeu uma ótima oportunidade. Ele recebeu passe na entrada da área e chutou firme, mas Gallese saiu bem e defendeu.

Próximos jogos

Na quinta-feira (21), o Peru encara a poderosa França, em Ecaterimbugo.

Também na quinta, Dinamarca, por sua vez, pega a Austrália, em Samara.

16/06 - Arena Mordovia

Peru 0 x 1 Dinamarca

Árbitro: Bakary Gassama (Gâmbia). Gols: Yussuf Poulsen, aos . Cartões amarelos: Tapia, do Peru, aos 38 do 1º tempo, e Delaney, da Dinamarca, aos 41 do 2º.

Peru: Gallese, Advincula, Ramos, Rodriguez,Trauco, Yotun, Tapia, Flores (Guerrero, aos 17’ do 2º tempo), Cueva, Carrillo y Farfan (Ruidiaz, aos 40 do 2º tempo). Técnico: Ricardo Gareca.

Dinamarca: Schmeichel; Dalsgaard, Kjaer, Christensen e Larsen; Kvist (Schone, aos 35 do 1º tempo), Delaney e Eriksen; Sisto (Braithwaite, aos 22 do 2º tempo), Jorgensen e Poulsen. Técnico: Hareide.

Informações Portal R7