Desta vez em São Januário, Vasco e Botafogo fazem quinto duelo em 2018

Esportes

Desta vez em São Januário, Vasco e Botafogo fazem quinto duelo em 2018

Redação Folha Vitória

Separados por apenas três pontos na tabela do Campeonato Brasileiro, Vasco e Botafogo vão se encontrar pela quinta vez no ano, a primeira desde a decisão do Campeonato Carioca. Longe do Maracanã, onde o estadual foi decidido, o clássico vai ser realizado às 19 horas deste sábado em São Januário, palco que tende a favorecer o mandante, se o retrospecto das equipes neste início de torneio for mantido.

Em 11º lugar após sete jogos disputados no Brasileirão, um a menos do que a maioria dos times, o Vasco conquistou nove dos 11 pontos ganhos até aqui em São Januário, com três vitórias e uma derrota. O time treinado por Zé Ricardo vem de um triunfo por 1 a sobre o Paraná, em partida disputada no estádio na última quarta-feira.

"Um clássico é muito difícil, nosso quinto com o Botafogo nesse ano. Todos eles tiveram um equilíbrio e uma incidência de gols muito grande. Dentro do contexto do Campeonato Brasileiro de pontos corridos é muito importante que a gente consiga fazer valer o nosso mando", disse Zé Ricardo.

O Botafogo, por sua vez, ainda não venceu nenhuma vez fora de casa nesta edição do torneio - o time empatou uma vez e perdeu as três últimas. Para piorar, a equipe comandada por Alberto Valentim não ganha há três jogos e vem de derrota para o São Paulo na última quarta-feira, no Morumbi.

"A gente vai para um novo jogo decisivo, porque em um campeonato de pontos corridos todo jogo é decisivo", afirmou Alberto Valentim. "É a primeira vez que vamos jogar em São Januário, porque o mando não foi da outra vez lá, foi no Maracanã. A gente precisa fazer uma boa atuação, com uma equipe muito organizada e evitar erros bobos", receitou o técnico campeão carioca com o Botafogo há dois meses, em final disputada contra o Vasco.

Para a partida, Zé Ricardo perdeu Evander, emprestado para o Atlético-MG, e não terá Werley e Thiago Galhardo, machucados, e Moresche e Henrique, suspensos. Ramon, Wagner e Leandro Desábato retornam, enquanto Gabriel Félix, Paulão e Wellington, que estavam afastados por indisciplina, também voltaram a ser opções. Breno ainda é dúvida para a partida e Fernando Miguel segue no gol da equipe, desfalcada de Martín Silva, que está na seleção uruguaia.

Alberto Valentim não vai poder contar com Matheus Fernandes, suspenso, e João Pedro, que está em repouso após desmaiar em campo durante a partida contra o São Paulo. Gatito Fernandez e João Paulo são ausências sentidas há mais tempo, mas Renatinho já pode voltar a ser relacionado.