Fifa adverte Uruguai por conta da comemoração do gol contra o Egito

FOLHA NA COPA

Esportes

Fifa adverte Uruguai por conta da comemoração do gol contra o Egito

A entidade máxima do futebol advertiu a Celeste por conta da entrada de pessoas não autorizadas em campo depois do gol. Caso se repita, uma multa em dinheiro pode ser dada

Seleção do Uruguai | Foto: Lance

LANCE por LANCE

A estreia do Uruguai na Copa foi com requintes de agonia. O gol da vitória só saiu aos 45 minutos do segundo tempo, em cabeçada do zagueiro Giménez. A comemoração, evidentemente, foi enorme entre os jogadores uruguaios. Porém, na noite de sábado (16), a Celeste recebeu uma advertência da Fifa por conta da comemoração "exagerada".

Segundo a entidade máxima do futebol, a entrada de diversos reservas e pessoas não autorizadas a entrar em campo na comemoração foi indevida. E caso algo parecido se repita, o Uruguai pode levar uma multa em dinheiro.

Chegou até ser cogitado o fato da advertência ter sido por conta da comemoração de Luis Suárez, que na comemoração atinge o adversário, mas na verdade Luisito estava chamando os companheiros para vir comemorar junto com o time. A advertência, porém, não teve nada a ver com o atacante e sim com a presença de pessoas não autorizadas em campo. Assim foi determinado pela Comissão Disciplinar da Fifa.

O jogo estava truncado, com o Egito sabendo neutralizar a ofensiva uruguaia, principalmente quando adiantou a marcação e impediu o meio campo da Celeste de trabalhar a bola. Além do fator de jogo, o Uruguai, com a vitória, quebrou um tabu de 48 anos. Desde 1970, não vencia em estreias na Copa do Mundo. Na comemoração, pelo menos dez membros da Celeste, que não eram os titulares, entraram em campo para comemorar.