Gabriel Jesus vê briga 'sadia' com Firmino por vaga e festeja boa volta de Neymar

Esportes

Gabriel Jesus vê briga 'sadia' com Firmino por vaga e festeja boa volta de Neymar

Redação Folha Vitória

Gabriel Jesus disse que abriga pela titularidade na seleção brasileira é saudável. O jogador do Manchester City foi substituído por Roberto Firmino aos 14 minutos do segundo tempo do amistoso no qual o Brasil venceu a Croácia por 2 a 0 e viu justamente o atacante do Liverpool fazer o segundo gol da partida realizada neste domingo no estádio Anfield Road.

"Estou feliz mesmo pelo gol dele, pela seleção e por nós brasileiros. Essa briga é boa. Ele fez boa empoada eu fiz boa temporada, mesmo com minha lesão, que acontece. Se ele estiver bem, eu vou querer estar melhor ainda. A briga é sadia", afirmou o camisa 9 da seleção, em entrevista na zona mista do estádio do Liverpool, após o penúltimo duelo preparatório da equipe nacional antes da estreia na Copa do Mundo, no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov, na Rússia.

Sobre as dificuldades enfrentadas durante o jogo, principalmente no primeiro tempo, Gabriel Jesus frisou que foi um bom teste para o Brasil. "Jogo bom, adversário difícil, bem postado. Preparação boa para a gente para a Copa. A Croácia tem jogadores de alto nível, que jogam em grande clubes. Sabíamos que seria difícil. Mas soubemos sofrer e conseguimos sair com a vitória", afirmou o ex-jogador do Palmeiras.

O atacante ressaltou o posicionamento da defesa e a maturidade da equipe do técnico Tite. "A gente tem que se cobrar. Fico feliz com vitória. Sofrer é normal. Vamos sofrer em todos os jogos. Saber sofrer, não levar gol... Ficou bem claro que nossa equipe defende bem desde lá da frente até lá atrás. E ataca bem, desde lá de trás, até lá na frente", reforçou.

Gabriel Jesus comemorou também o retorno de Neymar aos gramados após pouco mais de três meses da fratura no quinto metatarso do pé direito sofrida pelo astro. O atacante do Paris Saint Germain entrou após o intervalo do duelo e abriu o placar aos 23 minutos do segundo tempo com um golaço.

"Fico feliz de ver o Neymar poder voltar a campo. Eu tive essa lesão e sei como é difícil ficar longe dos gramados, que é a coisa que a gente mais ama fazer na vida. Sei da desconfiança, do medo. Quando leva pancada, já lembra de tudo que passou. Muito difícil. Fico feliz pela volta dele. Fico feliz, sei das dificuldades que ele teve (para retornar)", afirmou Jesus.