Mario Fernandes é o 23º brasileiro a defender outra seleção em Copas

FOLHA NA COPA

Esportes

Mario Fernandes é o 23º brasileiro a defender outra seleção em Copas

O brasileiro estreou pela seleção russa como anfitrião da Copa; Se entrar em campo pela seleção de Espanha, Rodrigo será o 24º da lista

Ao iniciar a partida desta quinta-feira (14), que marcou a abertura da Copa do Mundo na Rússia, defendendo o lado russo contra a Arábia Saudita, o lateral-direito Mario Fernandes se tornou o 23º brasileiro a defender outra seleção em uma Copa do Mundo. A Rússia acabou goleando a Arábia Saudita por 5 a 0 e, após o jogo, o lateral disse se sentir russo, sendo muito bem acolhido no país que escolheu defender.

Entre os listados, alguns nomes se repetem em diferentes Copas, como é o caso de Clayton (Tunísia - 1998 e 2002), Alex Santos (Japão - 2002 e 2006) e Deco (Portugal - 2006 e 2010). Neste Mundial, Diego Costa (Espanha - 2014 e 2018) igualará o feito e Pepe se tornará o recordista isolado, com três Copas disputadas por outro país (Portugal - 2010, 2014 e 2018).

Ainda neste Mundial, o atacante Rodrigo, brasileiro naturalizado espanhol, poderá se tornar o 24º a atuar por uma seleção diferente.

A primeira chance de Rodrigo entrar na lista será hoje, em partida contra Portugal, às 15h, no estádio Fisht, pelo grupo B da Copa do Mundo. Já Mario Fernandes volta a campo com a Rússia na terça-feira (19), às 15h, em partida contra o Egito, na Arena São Petesburgo.

Confira os brasileiros que defenderam outras seleções em copas do mundo:

1934 - Filó (Itália)

1962 – Mazzola e Sormani (Itália)

1990 – Alexandre Guimarães (Costa Rica)

1998 – Clayton (Tunísia), Wagner Lopes (Japão) e Oliveira (Bélgica)

2002 – Clayton (Tunísia) e Alex Santos (Japão)

2006 – Francileudo (Tunísia), Alex Santos (Japão), Sinha (México), Marcos Senna (Espanha) e Deco (Portugal)

2010 – Deco, Liedson e Pepe (Portugal), Túlio Tanaka (Japão), Benny Feilhaber (EUA) e Cacau (Alemanha)

2014 – Diego Costa (Espanha), Thiago Motta (Itália), Eduardo da Silva e Sammir (Croácia) e Pepe (Portugal)

2018 – Diego Costa e Rodrigo (Espanha), Thiago Cionek (Polônia), Pepe (Portugal) e Mário Fernandes (Rússia)

Com informações do Portal R7.