No Rio, Vasco estreia o técnico Jorginho em páreo duro contra o vice-líder Sport

Esportes

No Rio, Vasco estreia o técnico Jorginho em páreo duro contra o vice-líder Sport

Redação Folha Vitória

Na estreia do técnico Jorginho, que deixou o Ceará e retornou ao Vasco, o time carioca tem um páreo duro no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, neste sábado, quando enfrenta o vice-líder Sport, às 19 horas. O duelo é válido pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro, a penúltima antes da parada para a Copa do Mundo na Rússia.

Com o empate digno de elogios do interino Valdir Bigode, que comandou a equipe na partida contra o Cruzeiro, o Vasco ficou na 13.ª posição, com 12 pontos, e joga para chegar mais perto dos primeiros colocados.

A grande atração do duelo é Jorginho. Ele volta ao time que comandou entre 2015 e 2016 com um discurso otimista, projetando uma campanha ambiciosa, com a qual "as pessoas vão se surpreender". "Com toda a bagagem que tenho de ser alguém da casa, que tem história aqui mas precisa melhorar essa história. Podemos dar mais ao Vasco. Fomos campeões cariocas invictos. Por pouco não conseguimos livrar da Série B. Agora é pensar em coisas maiores", projetou.

Apresentado na última quinta-feira, Jorginho tem a difícil missão de dar liga a uma equipe que tem uma das piores defesas entre os times do Brasileirão e sofre com muitos desfalques.

Logo no primeiro jogo em sua volta, o técnico, que tem um elenco enxuto na mão, não poderá contar com Martín Silva (seleção uruguaia), Thiago Galhardo (lesão na coxa), Rafael Galhardo (entorse no tornozelo), Werley (fratura no braço), Breno (dores no joelho), Kelvin (lesão na coxa), Bruno Silva (lesão na coxa) e Rildo (cirurgia no ombro).

Sem muito tempo para trabalhar - treinou a equipe apenas duas vezes - é provável que Jorginho não mude muito a estrutura do time que empatou com o Cruzeiro na última partida, também pelo bom desempenho dos jogadores, muito elogiados por Valdir Bigode após o jogo. "Não vou mudar muita coisa, não tem temos tempo. Meu trabalho mesmo será a partir da intertemporada. Mas vamos montar uma estratégia legal para este jogo fundamental", afirmou.