'Precisamos melhorar várias coisas', diz Renan após vitória da seleção de vôlei

Esportes

'Precisamos melhorar várias coisas', diz Renan após vitória da seleção de vôlei

Redação Folha Vitória

Técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto comemorou a vitória por 3 sets a 0 (26/24, 25/19 e 25/20) sobre o Japão, neste sábado, em Goiânia, pela Liga das Nações, mas observou que a equipe tem de evoluir em alguns pontos.

"Ótimo resultado, um 3 a 0 importante, já que o Japão vem tirando pontos de muitas seleções neste início de campeonato. Eles mexeram bem o time de ontem para hoje e até ajustarmos as marcações demorou um pouco, mas depois fomos bem. Olhando para frente, precisamos melhorar várias coisas, mas como resultado foi muito bom", disse o comandante.

O levantador e capitão Bruninho concordou com o técnico sobre a necessidade de evolução do time para a sequência da competição. "Estou satisfeito pelo resultado. Vencer é sempre importante, mas temos muito a melhorar. O primeiro set foi bastante nervoso. Não podíamos ter deixado o set chegar ao 24/24 porque poderia ser perigoso. Erramos muitos saques e depois jogamos bastante focados. Importante o time estar com a postura correta e sabendo que temos que continuar crescendo."

Bruninho destacou ainda as mudanças feitas por Renan para a partida deste sábado, em relação ao time que bateu a Coreia do Sul na sexta-feira, também por 3 sets a 0. "Temos que estar sempre pronto para fazer um grande jogo, quem quer que esteja dentro de quadra", comentou o jogador.

O oposto Wallace, maior pontuador da partida com 15 acertos (dez de ataque, dois de bloqueio e três de saque), ressaltou o desempenho do grupo. "O nosso time não depende só de um jogador. Tudo que acontece, todos os resultados, as vitórias, tudo isso é fruto de muito trabalho. Todos aqui nesse grupo se doam ao máximo e por isso temos conquistado tanta coisa boa."

Com o triunfo diante do Japão, o Brasil chega a 13 pontos, na briga pelas primeiras posições da Liga das Nações. O próximo desafio será já neste domingo, às 12h40, contra os Estados Unidos, ainda na Goiânia Arena, no último jogo em casa desta segunda semana da competição.