FES pede abertura de inquérito para investigar suposto esquema em apostas na Copa ES

Esportes

FES pede abertura de inquérito para investigar suposto esquema em apostas na Copa ES

A partida marcada pela goleada do Rio Branco contra o CTE Colatina levantou suspeitas por conta de lances duvidosos protagonizados pela equipe do Norte do Estado

Vitor Simões

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Eleven Sports

Na última segunda-feira (20), a goleada do Rio Branco sobre a equipe do CTE Colatina, pela 6ª rodada do grupo A da Copa Espírito Santo 2022, ficou marcada por lances confusos. Os jogadores do time colatinense cometeram erros inimagináveis para uma partida de futebol profissional, o que gerou estranhamento de torcedores. (Confira o vídeo com os lances abaixo)

Após o fim da partida, decretado o placar de 4 a 0 favorável ao Capa-Preta com os gols bastante controversos pelo comportamento da defesa do CTE, a suspeita de envolvimento de atletas do clube em apostas para serem recompensados em caso de derrota e começou a ser investigada.

Nesta quarta-feira (22), a Federação de Futebol do Espírito Santo (FES) solicitou junto ao Tribunal de Justiça Desportiva do Estado (TJD-ES) para o início das investigações sobre o caso. 

Além disso, a FES informou no comunicado que foi registrado um Boletim de Ocorrência para que a polícia também apure os fatos e tome providências. (Confira a nota completa da Federação no final da matéria)

Acusação de zagueiro

A suspeita quanto ao caso cresceu após o zagueiro Petróleo, que deixou o time colatinense no último domingo, se pronunciar nas redes sociais usando o discurso do suposto envolvimento em apostas. Confira a postagem do zagueiro abaixo.

CTE Colatina vai tomar providências

Nesta quarta-feira, o CTE Colatina também se posicionou quanto ao caso. Em nota por meio das redes sociais do clube, a Braspoll Soccer, empresa responsável pela gestão do time profissional e sub-20 declarou que já foi realizado um boletim de ocorrência pelo presidente Edmílson Ratinho e foi iniciada uma averiguação interna.

Além disso, o clube informou que os atletas acusados estão suspensos preventivamente até as investigações serem finalizadas.

Confira a nota oficial da FES

Diante de denúncia sobre o envolvimento de jogadores do Centro de Treinamento Edmilson (CTE) em apostas, a Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) vem a público esclarecer que após tomar conhecimento do fato, acionou o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-ES) para iniciar investigação.

Nesta quarta-feira, dia 22 de junho, a FES requereu junto ao TJD-ES, abertura de inquérito para que abra investigação e apuração do fato e atribua a responsabilidade a quem possui. Outra medida tomada pela entidade do futebol capixaba, nesta manhã, foi o registro de Boletim de Ocorrência pedindo que a polícia também apure os fatos e tome providências.

Após tomar conhecimento através das redes sociais na terça-feira, dia 21 de junho, a FES ressalta que orientou o clube a fazer Boletim de Ocorrência.

A FES defende a prática do jogo limpo pelo bem dos atletas, dirigentes e pelo desporto capixaba, e acredita na competência dos órgãos responsáveis pela apuração.

Pontos moeda