Após 7 a 1, governo pede mudanças no futebol brasileiro

Esportes

Após 7 a 1, governo pede mudanças no futebol brasileiro

Redação Folha Vitória

Rio - Dois dias depois da humilhação do Brasil na semifinal Copa do Mundo, o governo pediu uma mudança no futebol brasileiro e que a goleada da Alemanha sirva como "lição". "O futebol brasileiro precisa de fato de mudanças", disse Aldo Rebelo, ministro dos Esportes em uma coletiva de imprensa no Maracanã nesta quinta-feira. "A derrota para a Alemanha evidencia mais essa necessidade."

Para ele, mesmo que a humilhação não tivesse ocorrido, a mudança era necessária. Mas o resultado tornou essa transformação mais urgente. "Foi um acidente o que ocorreu. Mas precisamos examinar o motivo e a causa do acidente. É uma marca profunda. A melhor reação é ver as causas mais duradouras daquele desastre. Precisamos extrair lições para que o Brasil reponha a seleção no status que ela deve ter. As mudanças são necessárias", disse.

Aldo classificou os 7 x 1 como "uma marca muito terrível para o futebol brasileiro". O ministro pede melhoria na qualidade da gestão dos clubes, novas leis e até o impedimento da exportação de jovens craques. Ele também quer maior organização no calendário e na estrutura financeira dos times.