Atleticano Victor quer taça para 'esquecer Copa de vez'

Esportes

Atleticano Victor quer taça para 'esquecer Copa de vez'

Redação Folha Vitória

Ezeiza - Um dos goleiros reservas do Brasil na disputa da Copa do Mundo de 2014, Victor espera ajudar o Atlético Mineiro a conquistar o título da Recopa Sul-Americana, cujo primeiro jogo da final será disputado nesta quarta-feira, contra o Lanús, em Buenos Aires, também para poder voltar a sorrir depois da decepcionante participação da seleção nas semifinais e na decisão do terceiro lugar do Mundial.

Após servir a equipe nacional, Victor fez o primeiro treino em solo argentino na última segunda-feira, no CT da Associação de Futebol Argentino (AFA), em Ezeiza, onde não escondeu a tristeza com as últimas duas derrotas de peso sofridas pelo Brasil - 7 a 1 para a Alemanha e 3 a 0 para a Holanda.

"Eu estava respirando Copa e, agora, voltar a viver o dia a dia do clube, rever os companheiros, isso é muito bacana, e já disputando um título. Então, nada melhor que uma situação como essa, disputando um título, para esquecer de vez o que houve na Copa do Mundo", afirmou o goleiro, que depois enfatizou: "Mas foi uma experiência boa, não só pelo aprendizado, mas por poder representar o País e viver o clima de Copa do Mundo".

Ao projetar o confronto desta quarta-feira, marcado para começar às 22 horas (de Brasília), o ídolo atleticano enfatizou a importância de os jogadores não entrarem em provocações, muito comuns em jogos entre brasileiros e argentinos. "A rivalidade entre Brasil e Argentina é sempre forte e dessa vez não será diferente, mas temos que ter tranquilidade, foco e manter a concentração para tentar evitar esse tipo de situação", alertou.