Atração em Teresópolis, boneco de Hulk é decepado

Esportes

Atração em Teresópolis, boneco de Hulk é decepado

A "estátua" do Hulk, como o boneco de cor verde que tem a camisa do Brasil pintada em seu corpo, tornou-se atração na entrada da Granja

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Teresópolis - Sobrou para Hulk por causa da eliminação da seleção brasileira da Copa do Mundo. Ou melhor, para um boneco de isopor do super-herói, colocado há três semanas na porta do restaurante que fica a 50 metros da entrada da Granja Comary, caminho obrigatório para o CT da seleção. Na madrugada desta quarta-feira a peça teve a cabeça arrancada e o corpo foi dividido ao meio. De acordo uma testemunha, um homem desceu de um carro, destruiu o boneco e foi embora.

Pela manhã, o que restou do Hulk foi removido para dentro da Granja Comary. No local em que estava agora há duas esculturas de ferro, uma delas com a inscrição JC, em alusão ao goleiro Julio Cesar.

A "estátua" do Hulk, como o boneco de cor verde que tem a camisa do Brasil pintada em seu corpo, tornou-se atração na entrada da Granja. Nos fim de semana, por exemplo, os torcedores chegavam a fazer filas para fotografá-lo.

Após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, a delegação retornou a Teresópolis por volta das 2 horas da manhã desta terça-feira. Apenas seis torcedores esperavam o ônibus da delegação e um deles portava um cartaz em que se podia ler a palavra "vergonha". Já no início da tarde, apenas nove pessoas, adoleccentes, estavam no acesso ao condomínio e se diziam dispostos a continuar apoiando os jogadores, uma vez que nenhum time do mundo é imbatível.