• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Avaí vira contra o Atlético-GO no fim e encosta no G4

Esportes

Avaí vira contra o Atlético-GO no fim e encosta no G4

Florianópolis - O Avaí voltou com tudo. Após sair perdendo e ficar boa parte do primeiro tempo com um jogador a menos, o clube catarinense não desistiu, virou para cima do Atlético Goianiense e conquistou uma grande vitória por 2 a 1 nos minutos finais. A partida realizada nesta terça-feira, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com a vitória, o Avaí entrou de vez na briga por um lugar entre os primeiros colocados, já que soma 17 pontos e vem de três jogos sem derrota. O Atlético, por sua vez, segue com os mesmos 10 pontos e corre sérios riscos de rebaixamento.

Os dois times estrearam treinadores. Pelo lado do clube catarinense, Geninho foi escolhido para colocar o time na briga por G4. Já a equipe goiana apostava na terceira passagem de Hélio dos Anjos.

O treinador do Atlético chegou com a missão de se distanciar da zona de rebaixamento e o esquema tático montado acabou dando resultado na primeira etapa. Aos 11 minutos, Jorginho cruzou na cabeça de André Luis. O atacante testou para o fundo das redes, abrindo o marcador.

Após o gol sofrido, o Avaí foi se reencontrando na partida e perdeu uma grande oportunidade de conseguir o empate. Em cobrança de falta, Marquinhos achou Diego Felipe livre de marcação. O atacante, porém, mandou para a linha de fundo. Logo em seguida, o meia lançou Bocão. O lateral saiu na frente do goleiro Márcio, tentou a cavadinha, mas pegou mal na bola.

No final da primeira etapa, ambas as equipes tiveram um jogador expulso. Primeiro, Antônio Carlos entrou de carrinho em Jorginho e recebeu o cartão vermelho direto. Mais para o fim, Artur segurou Pablo pela camisa, dentro da área, foi para o "chuveiro" mais cedo e deu a chance do Avaí empatar a partida. Na cobrança de pênalti, Cléber Santana parou em Márcio.

Na segunda etapa, foi a vez do técnico Geninho brilhar. O treinador mexeu bem e conquistou uma importante vitória nos minutos finais do embate. Tudo começou aos cinco minutos, quando Marcinho cobrou falta na cabeça de Pablo. O zagueiro só teve o trabalho de desviar para o fundo das redes.

O gol animou o Avaí, que foi com tudo em busca da virada. Paulo Sérgio arriscou, mas parou em Márcio. Já Cléber Santana tentou se redimir do pênalti perdido, buscou o ângulo, mas mandou para fora. Coube então para Diego Felipe virar o herói da partida. O meia aproveitou o cruzamento de Anderson Lopes e, de cabeça, fez o segundo do clube catarinense.

Na próxima rodada, o Avaí enfrenta a Ponte Preta nesta sexta, às 21h50, novamente no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Já o Atlético pega o Luverdense no sábado, às 16h20, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 2 x 1 ATLÉTICO-GO

AVAÍ - Vagner; Bocão (Júlio César), Pablo, Antônio Carlos e Thiago Carleto; Eduardo Costa, Diego Felipe, Marquinhos (Bruno Maia) e Cléber Santana; Anderson Lopes e Paulo Sérgio (Héber). Técnico: Geninho.

ATLÉTICO-GO - Márcio; Jonas, Arthur, Lino e Vitor Oliveira; Marcus Vinícius, Wagner Carioca (Léo), Luciano Sorriso e Jorginho (Diogo Campos); Josimar (Adriano Alves) e André Luis. Técnico: Hélio dos Anjos.

GOLS - André Luis, aos 11 minutos do primeiro tempo; Pablo, aos 5, e Diego Felipe, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Pablo, Thiago Carleto e Marquinhos (Avaí); Jonas, Wagner Carioca, Jorginho, Diogo Campos e Josimar (Atlético-GO).

CARTÕES VERMELHOS - Antônio Carlos (Avaí); Artur (Atlético-GO).

ÁRBITRO - Avelar Rodrigo da Silva (CE).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).