Em crise, Fla e Botafogo fazem clássico no Maracanã

Esportes

Em crise, Fla e Botafogo fazem clássico no Maracanã

Redação Folha Vitória

Rio - Pela tradição, um jogo entre Flamengo e Botafogo representa um dos clássicos mais badalados do futebol brasileiro. Mas quando os dois times estiverem em campo, às 18h30 deste domingo, os torcedores no Maracanã vão se deparar com uma realidade atípica e inédita no confronto entre os rivais. O Flamengo é o lanterna do Brasileirão, enquanto o Botafogo admite até mesmo abandonar a competição por causa de sua crise financeira. Há um aspecto em comum: as duas equipes são muito limitadas e, por isso, estão travando uma luta contra o rebaixamento.

O Flamengo chega ao clássico com técnico "novo", Vanderlei Luxemburgo, parado havia oito meses e contratado para substituir Ney Franco. Há quem veja na contratação dele uma injeção de ânimo nos atletas. Mas outra parcela da torcida flamenguista não aprova a volta de Luxemburgo - é a quarta passagem dele como treinador da equipe.

Além de Luxemburgo, o Flamengo deve promover a estreia do atacante Eduardo da Silva, que é naturalizado croata e chegou à Gávea como o grande reforço da temporada. No mais, contará com um grupo irregular, que tem irritado seus torcedores. Alguns chegaram a agredir o lateral André Santos após o último jogo - a derrota por 4 a 0 para o Inter.

No Botafogo, o presidente Mauricio Assumpção fez um apelo dramático à presidente Dilma Rousseff, num encontro no Palácio do Planalto, na sexta-feira. Disse que seu clube poderia deixar o Brasileirão no meio se não houvesse rapidez na aprovação de lei que alongue o prazo de pagamento de dívidas dos clubes do futebol brasileiro à União.

Não é possível afirmar que isso pode ter reflexo na atuação dos botafoguenses, logo numa partida contra seu maior rival. Mas os salários atrasados dos jogadores se avolumam e deixam o clima pesado no clube.

O técnico Vagner Mancini disse que o "desespero" do Flamengo na tabela do Brasileirão não facilita em nada a vida do Botafogo e que isso é mais um sinal de alerta para sua equipe - mesmo porque, a situação botafoguense não é muito melhor, com 12 pontos, cinco a mais do que os flamenguistas.

MARACANÃ - O estádio volta neste domingo a receber o futebol brasileiro, após ficar dois meses entregue à Fifa para a Copa do Mundo. E com uma novidade. Vários torcedores puderam comprar os ingressos pela internet, escolhendo os assentos. A iniciativa deve ser mantida a partir de agora nos jogos do Brasileirão realizados no local.