'Futebol brasileiro precisa superar amadorismo', diz Raí

Esportes

'Futebol brasileiro precisa superar amadorismo', diz Raí

Redação Folha Vitória

Rio - Campeão mundial pela seleção brasileira na campanha do tetra, o ex-jogador Raí considera que a goleada sofrida pelo Brasil para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo impõe a necessidade de uma mudança na dependência do futebol brasileiro do improviso e da habilidade, somente.

"Não tem mais espaço para amadorismo. O futebol brasileiro foi sempre mal acostumado a achar que apenas improviso bastava, funcionava porque antes era muito superior tecnicamente. Agora, vemos que não dá mais para chegar lá e achar que só improviso vai dar certo. Olha a Costa Rica, a Colômbia", alertou Raí.

As declarações foram dadas em um evento promovido por um dos patrocinadores da Copa do Mundo, em parceria com o projeto Gol de Letra e a ONG internacional streetfootballworld.

O ex-jogador apontou a falta de preparação da equipe brasileira, que foi formada em menos de 2 anos, como um dos principais fatores para o fracasso na Copa, mas minimizou a responsabilidade dos atletas pelo desempenho técnico abaixo do esperado.

"O resultado do jogo não deve ficar restrito apenas aos jogadores e à comissão técnica. Isso tem todo um contexto de estrutura que deve ser revisto. A única coisa positiva que podemos tirar de um resultado como esse é a oportunidade de refletir e repensar o futebol", comentou.