Presidente do SP nega interesse em contratar asiático

Esportes

Presidente do SP nega interesse em contratar asiático

Redação Folha Vitória

São Paulo - O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, negou na noite desta terça-feira que o clube esteja negociando a contratação de um jogador do Shandong Luneng, da China. Em nota, o dirigente negou qualquer interesse do clube brasileiro em trazer um atleta asiático para reforçar a equipe.

"O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, desmente veementemente as notícias divulgadas nesta terça-feira com relação a um possível interesse do clube por atleta asiático", declarou o clube, em nota.

"Aidar reitera a excelente relação que o São Paulo tem com as equipes, torcedores e com o povo asiático, tendo inclusive parceria e escolas licenciadas na China, mas exalta que o clube já se reforçou com atletas de alto nível para a sequência da temporada 2014", completou.

As informações contidas na nota vão de encontro às declarações de Gabriel Aidar, diretor de relações internacionais do São Paulo e primo do presidente. Nesta manhã, ele afirmara que o clube esperava trazer um volante do Shandong Luneng.

"Os chineses já estão querendo trazer um volante para ser testado no São Paulo. É um jogador profissional, disputa o Campeonato Chinês e tem 21 anos", dissera Gabriel Aidar. Os dirigentes do Shandong Luneng, no entanto, não quiseram dar detalhes da negociação por considerarem que as conversas ainda estão em estágio inicial.

O diretor fez a revelação durante evento no qual o São Paulo firmou um projeto de parceria com o time chinês nas categorias de base. O clube brasileiro vê no acordo uma possibilidade de internacionalizar sua marca no mercado asiático.

Ao mencionar a negociação com o atleta asiático espontaneamente, Gabriel Aidar acabou revelando uma transação que o São Paulo vinha mantendo em sigilo. Com o vazamento inesperado, o presidente do clube decidiu por fim ao plano de testar no Brasil o volante da equipe chinesa.