• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Auxiliar de Aguirre exalta peso de vitória do Inter: 'A vantagem é nossa'

Esportes

Auxiliar de Aguirre exalta peso de vitória do Inter: 'A vantagem é nossa'

Porto Alegre - Com Diego Aguirre suspenso após ser expulso nas quartas de final diante do Santa Fe, o auxiliar-técnico Enrique Carreras teve a missão de comandar o Inter no jogo de ida da semifinal da Copa Libertadores, contra o Tigres, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio. E, após o confronto, o escudeiro do treinador exaltou a vantagem obtida pela equipe gaúcha, que venceu por 2 a 1 e agora poderá atuar por um empate no duelo de volta da semifinal, na próxima quarta, no México.

"Não queríamos tomar gols. Sabemos que é difícil, porque o gol é dobrado, mas fizemos uma boa partida. Acredito que é um resultado justo. A vantagem é nossa, são eles que têm que reverter, que têm que ganhar. Vai ser uma partida dura", afirmou Carreras, em entrevista coletiva após o confronto realizado em Porto Alegre, lembrando que o gol fora de casa tem peso maior para efeito de desempate no duelo de volta.

O auxiliar também enalteceu o fato de que o Inter teve um início de jogo "avassalador", com dois gols marcados em apenas nove minutos, mas não deixou de lamentar o fato de que o time colorado não conseguiu ampliar a sua vantagem quando vencia por 2 a 1 e ficou com um homem a mais em campo após a expulsão de Ayala na etapa final. "Tentamos, mas como falei antes o time deles se fechou bem atrás. Não é que não tentamos, que não quisemos. Tivemos uma chance muito clara e não saiu o gol", afirmou.

A experiência de dirigir o Inter pela primeira vez na beira do campo, e em uma partida de tanta importância para o clube, foi outro fato comemorado por Carreras, embora a sua participação efetiva trabalhando como técnico neste confronto tenha sido motivada pela suspensão de Aguirre.

"A assistência de Diego estava proibida, ele estava em um camarote, vendo o jogo. Falamos de algumas possibilidades do jogo, que foi o que aconteceu. Foi espetacular. Minha primeira partida numa Libertadores. Foi espetacular ver do campo a entrega dos jogadores e a festa da torcida", reconheceu.