• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chelsea faz feio ao perder por 4 a 2 para equipe B do New York Red Bulls

Esportes

Chelsea faz feio ao perder por 4 a 2 para equipe B do New York Red Bulls

Harrison - O Chelsea abriu de forma muito ruim a sua pré-temporada nos Estados Unidos. Mesmo atuando diante de um New York Red Bulls escalado com a maioria de seus jogadores oriundos de sua equipe B no futebol norte-americano, o Chelsea foi derrotado por 4 a 2, em amistoso encerrado no final da noite desta quarta-feira, em Harrison.

O time inglês chegou a fechar o primeiro tempo do duelo vencendo por 1 a 0, com um gol marcado pelo francês Remy, aos 26 minutos. O brasileiro Oscar cruzou rasteiro da direita, o atacante dominou se livrando da marcação e bateu no canto esquerdo baixo do goleiro Reynish.

Na etapa final, porém, o Chelsea acabou pagando um preço alto por cometer uma série de erros defensivos. Logo aos 5 minutos, Terry foi recuar uma bola para o goleiro Begovic, que substituiu Courtois após o intervalo, mas o passe saiu fraco. Franklin Castellanos se aproveitou, driblou o goleiro e tocou para o gol vazio. Terry, por sinal, só entrou em campo a partir da etapa final.

Empurrado pela torcida local, o New York Red Bulls virou o jogo aos 23 minutos. Após cruzamento da direita, a zaga inglesa deu bobeira na marcação e Tyler Adams, sozinho no centro da área, cabeceou no canto direito baixo de Begovic. E, já aos 27, o time norte-americano ampliou para 3 a 1. Ao aproveitar uma sobra de uma bicicleta que um companheiro não conseguiu dar após cruzamento da esquerda, Sean Davis finalizou para balançar as redes.

Logo em seguida, aos 29, o Chelsea descontou. Oscar bateu falta da esquerda para trás para Hazard, que recebeu na entrada da área, dominou e acertou o canto direito baixo do goleiro Castano, que na etapa final substituiu Reynish.

Aos 33 minutos, entretanto, o New York Red Bulls voltou a marcar, ajudado por nova falha defensiva, desta vez do brasileiro Ramires, que também entrou no segundo tempo. Após cruzamento da direita, o volante pegou mal na bola ao tentar afastar e ela sobrou limpa para Sean Davis bater de primeira e decretar o 4 a 2.