• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chris Froome conquista pela 2ª vez o título da Volta da França

Esportes

Chris Froome conquista pela 2ª vez o título da Volta da França

Paris - Utilizando a camiseta amarela destinada ao líder, o britânico Chris Froome conquistou neste domingo o seu segundo título da Volta da França nos últimos três anos ao concluir a última etapa em ritmo de passeio em Paris, encerrando uma disputa de três semanas da mais tradicional prova do ciclismo mundial, em que travou uma luta acirrada com o colombiano Nairo Quintana, o vice-campeão, no último sábado pela liderança da classificação geral.

Aplaudido na Champs-Elysées ao término da 21ª etapa, Froome assegurou o terceiro título da Grã-Bretanha em 112 de anos de existência da prova, repetindo a conquista de 2013 da Volta da França. Assim como ocorreu naquela oportunidade, Quintana foi o vice-campeão, mas agora com uma desvantagem de apenas 1min12 - há dois anos, a margem foi de 4min20.

O espanhol Alejandro Valverde, companheiro de Quintana na equipe Movistar, foi o terceiro colocado, subindo pela primeira vez ao pódio da Volta da França - ele havia ficado em quarto lugar na edição de 2014. O italiano Vincenzo Nibali, que venceu a prova em 2014, dessa vez ficou na quarta posição, logo à frente do espanhol Alberto Contador.

A etapa deste domingo teve a sua largada na cidade de Sèvres e foi vencida pelo alemão Andre Greipel, que já havia triunfado em outros três estágios. Porém, para minimizar o risco de acidentes, os organizadores da Volta da França optaram por parar o relógio após os ciclistas completarem a primeira das dez voltas pelos arredores da Champs-Elysées.

Com isso, Froome comemorou a sua vitória antes mesmo de completar todo o percurso. E, ao final, ele e seus companheiros da Team Sky cruzaram a linha de chegada juntos, com os braços ao longo do ombros uns dos outros, com o dono da camisa amarela sorrindo ao meio.

Neste ano, Froome alcançou a liderança da Volta da França pela primeira vez após a disputa da terceira etapa. No estágio seguinte, o alemão Tony Martin assumiu a dianteira. Porém, o alemão deixou a disputa após a sétima etapa. O britânico, então, retomou a camiseta amarela e não a cedeu mais.

Além do título, Froome levou a camiseta branca de bolinhas vermelhas, destinada ao melhor montanhista da Volta da França. Quintana, principal concorrente do britânico na luta pelo título, ficou com a camisa branca, destinada ao melhor jovem ciclista, de menos de 25 anos.

A camiseta verde, dada ao competidor com mais pontos, acabou ficando com o eslovaco Peter Sagan, ainda que ele não tenha conseguido vencer sequer uma etapa desta edição da Volta da França, que consagrou Chris Froome como seu campeão.