• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Classificado, Brasil leva time misto para terceira rodada do Grand Prix

Esportes

Classificado, Brasil leva time misto para terceira rodada do Grand Prix

Catania - Já pensando nos Jogos Pan-Americanos de Toronto e na fase final do Grand Prix, o Brasil vai utilizar um time misto na terceira rodada da fase de classificação, em Catania, na Itália. Diante de Rússia, Bélgica e Itália, a equipe será comandada pelo auxiliar Paulo Coco, uma vez que o técnico José Roberto Guimarães viaja com o restante do elenco para Toronto.

Como relacionou Camila Brait, Fê Garay e Jaqueline para ir ao Pan, Zé Roberto liberou um time misto para viajar à Itália, com a presença de Dani Lins, Natália, Carol e Gabi. O elenco completo nesta rodada tem também a levantadora Roberta, as opostos Monique e Ivna, as centrais Juciely, Mara e Mayhara, as ponteiras Suelle e Ellen e as líberos Sassá e Leia.

Como venceu seus seis primeiros jogos no Grand Prix, o Brasil já está classificado para a fase final. Mesmo assim, que fazer bonito na Itália, a começar pela estreia, contra a Rússia, nesta quinta-feira.

"É sempre muito difícil enfrentar a Rússia. Elas têm um time muito forte no ataque e no bloqueio, além de uma alta estatura. Temos que ser inteligentes para jogar contra elas. Vamos precisar ter um saque eficiente para dificultar as ações ofensivas delas. Será importante jogar com o bloqueio triplo e com muito volume de jogo. O sistema defensivo precisará funcionar", explicou Paulo Coco.

"O mais importante nesse jogo será o saque. A Rússia tem como principal característica o ataque. Por isso, temos que sacar bem para tirar o passe da mão da levantadora. Outro fundamento decisivo na partida será a defesa. Teremos que defender bem para gerar contra-ataques", opinou a veterana Sassá, que é ponteira passadora, mas está jogando improvisada como líbero.