• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Odepa exclui do Pan quatro atletas flagrados em exames antidoping

Esportes

Odepa exclui do Pan quatro atletas flagrados em exames antidoping

Toronto - Três jogadores de beisebol - um dominicano, um porto-riquenho e um colombiano - e uma atleta de levantamento de peso foram excluídos dos Jogos Pan-Americanos de Toronto nesta sexta-feira devido a resultados positivos de doping. A competição de beisebol segue acontecendo e os três países envolvidos ainda estão na disputa.

De acordo com a Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), Nelson Gómez, de Porto Rico, e Javier Jesús Ortiz Angulo, da Colômbia, testaram positivo para esteroides anabolizantes. Gomez teria usado a substância boldenona, e Ângulo o estanozolol. Mario Mercedes Castillo, da República Dominicana, foi pego pelo uso de um estimulante (dimetilbutilamina). Já a levantadora de peso mexicana Cinthya Vanessa Domínguez Lara também testou positivo para um anabolizante (oxandrolona).

Segundo a Odepa, um total de 1.154 exames de doping foram realizados desde o início dos Jogos de Toronto. A estimativa da entidade é que esse número chegue a 1.500 até o fim da competição, no próximo dia 26.

Todos os casos de doping que forem flagrados durante os Jogos Pan-Americanos serão encaminhados à Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) e às respectivas federações esportivas, já que não cabe à Odepa suspender os atletas flagrados. De acordo com seu estatuto, a entidade apenas tem o poder de excluir os envolvidos das competições que organiza.

Na última quinta-feira, o norte-americano Pat Mendes, que se naturalizou brasileiro e competiu no levantamento de peso, e o nadador peruano Mauricio Fiol, medalhista de prata nos 200 metros borboleta, tiveram casos de doping confirmados por seus comitês olímpicos nacionais. Mas a Odepa diz "não comentar casos ainda em discussão".