Após longa viagem, navio que abrigará estrelas do basquete dos EUA atraca no Rio

Esportes

Após longa viagem, navio que abrigará estrelas do basquete dos EUA atraca no Rio

Redação Folha Vitória

Rio - O navio onde ficarão hospedadas as estrelas do basquete masculino e feminino dos Estados Unidos atracou, na manhã deste domingo, no Píer Mauá, zona portuária do Rio. O Silver Cloud, de oito andares, tem 196 suítes e capacidade para 296 hóspedes. Deverão circular pelo navio, de seis estrelas, ao menos 400 pessoas. Só convidados incluídos em uma lista VIP poderão entrar na embarcação.

A chegada ao Rio aconteceu depois de uma viagem de 14 dias, a partir da Itália. Os cerca de 50 atletas e integrantes das comissões técnicas do basquete norte-americano deverão chegar ao Aeroporto Internacional do Rio (Ilha do Governador, zona norte) no próximo dia 4.

Dois ônibus estarão à disposição das equipes, para os deslocamentos pela cidade. Ficarão estacionados em frente ao terminal de embarque e desembarque do porto. A delegação do basquete do EUA terá acessos especiais ao Píer Mauá, com área restrita.

O policiamento no píer foi reforçado em 80% por causa da presença dos esportistas do basquete. O navio Silver Cloud é equipado com 150 câmeras. O píer é monitorado por 60 câmeras internas e 97 externas.

Segundo a diretora geral do Pier Mauá, Denise Lima, a operação para atender os navios atracados será de 24 horas durante a Olimpíada. Estarão envolvidas 500 pessoas em ações nas áreas interna e externa do terminal de passageiros, entre equipe operacional, carregadores de bagagem, seguranças e agentes de trânsito. "Aqui, eles vão ter tudo do melhor para atendê-los em suas necessidades", afirmou ela.

O Silver Cloud tem áreas de lazer, como boates, restaurantes, piscinas e saunas. O navio ficará ancorado no píer até o dia 24 de agosto.