Em chegada ao São Paulo, Buffarini lembra do Papa e da relação com Bauza

Esportes

Em chegada ao São Paulo, Buffarini lembra do Papa e da relação com Bauza

Redação Folha Vitória

São Paulo - O lateral-direito Julio Buffarini chegou ao São Paulo nesta quarta-feira para fazer exames médicos e deve ser apresentado na quinta, no CT da Barra Funda. Mas antes, em entrevista ao site do clube, o jogador de 27 anos comemorou o acerto do contrato de três temporadas e a possibilidade de voltar a trabalhar com o técnico Edgardo Bauza.

"É uma alegria grande poder reencontrar o Patón, porque vivi momentos marcantes com ele. Conquistamos títulos e pudemos conhecer o Papa Francisco, que foi um momento especial na minha vida. Quero retribuir a confiança dele e trabalhar firme para dar alegria ao torcedor são-paulino", disse o jogador, que junto com o treinador conquistou a Libertadores de 2014, dentre outros títulos.

"Oxalá possamos repetir o sucesso que tivemos na Argentina. A confiança do Bauza me motiva bastante. Estou preparado para honrar as cores do clube e brigar por títulos", completou o jogador, que além do San Lorenzo, também atuou pelo Talleres, Atlético Tucumán e Ferro Carril, todos da Argentina.

Um dos pontos fortes de Buffarini é sua versatilidade. "Joguei os últimos três anos como lateral-direito, mas em toda a minha carreira atuei como volante. Então, em qualquer função pelo lado direito do campo, eu posso mostrar o meu futebol em diferentes posições. Também já joguei como ponta direita e me sinto à vontade para atuar na frente. Estou à disposição do treinador e preparado para tentar ajudar os meus novos companheiros", explicou o jogador.

Buffarini ainda fez questão de enaltecer a grandeza do São Paulo. "Estou muito contente com a possibilidade de jogar no São Paulo, porque é um clube grande e com uma história vitoriosa. É uma alegria grande, e espero corresponder positivamente neste novo desafio na minha carreira. O São Paulo é um clube importante, com tradição, e estou com muita gana de fazer parte desta equipe tão vencedora", comentou.