Levir Culpi lamenta empate, mas faz elogios ao Fluminense

Esportes

Levir Culpi lamenta empate, mas faz elogios ao Fluminense

Redação Folha Vitória

Volta Redonda - Depois de um morno empate com o Coritiba, diante de apenas 917 pagantes, o técnico Levir Culpi lamentou o placar sem gols, mas fez questão de elogiar o time do Fluminense. Para o treinador, o resultado no estádio Raulino de Oliveira não deve preocupar a torcida.

"Tudo vai depender do resultado. Enquanto tivemos resultados não se comentava nada", disse o treinador, referindo-se a pedidos de reforços pela torcida. "Quem foi melhor que nós nestes últimos jogos? Ninguém dominou o Fluminense e tivemos oportunidades de vencer todos os jogos."

Para o treinador, as críticas se devem ao momento político vivido pelo clube, próximo das eleições. "Precisamos estar fechados, porque pouca gente ajuda neste momento. Estamos em um momento político no clube, tem eleição em breve. Aí já se sabe o que acontece. Precisamos de muito controle emocional para termos melhores resultados. Nós estamos jogando de igual para igual com os adversários", reforçou.

Levir acredita que as reclamações quanto à qualidade do elenco não se justificam. "O time hoje não tem a expressão individual de anos atrás, mas também não está falido. Temos bons jogadores, um time equilibrado, mas precisamos do apoio, ainda mais agora que não jogamos em casa. Se não nos unirmos agora, vai ficar bem mais difícil", afirmou, cutucando a falta de torcedores na partida disputada neste sábado.

Questionado sobre a estreia do lateral-esquerdo William Matheus, Levir Culpi foi só elogios ao jogador. "Ele estava no exterior, fez o primeiro jogo e já ficou em campo 90 minutos. Ele é forte fisicamente, mas daqui cinco, seis, dez partidas, vai estar muito melhor, muito mais seguro. Acho que foi uma atuação legal, pelas circunstâncias. Nem conhece direito os jogadores. Mas vai ser sim um jogador importante para nós", afirmou.