Levir reprova atuação do Fluminense em novo empate: 'Abaixo da média'

Esportes

Levir reprova atuação do Fluminense em novo empate: 'Abaixo da média'

Redação Folha Vitória

Salvador - O técnico Levir Culpi reprovou a atuação do Fluminense no empate por 0 a 0 com Vitória, domingo, no Barradão, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Embora tenha apontado evolução em comparação ao duelo anterior - a igualdade em 1 a 1 com o Ypiranga-RS, pela Copa do Brasil -, ele avaliou que a equipe carioca pode apresentar um futebol muito melhor.

"Não existe comparação com o jogo de quarta. Dois campeonatos diferentes, duas situações diferentes. Há muito tempo não tínhamos um comportamento como no último jogo. Hoje voltou ao normal, mas nosso normal ainda está abaixo da média. Mais uma vez tivemos uma penalidade não marcada (dividida de Kanú em Samuel). É muito ruim um empate nos pontos ocorridos, mas perder é muito pior", disse.

Ao realizar uma avaliação do confronto, Levir apontou que a disputa no Barradão acabou sendo muito física, concentrada em jogadas aéreas, com pouco brilho técnico dos jogadores de Fluminense e Vitória.

"Foi um jogo muito físico. O Vitória, apesar de ter jogadores técnicos, insistiu muito nas bolas pelo alto. Mas a nossa bola aérea também é muito boa. Jogo ficou perigoso na bola aérea. Mas tivemos algumas situações boas por baixo", afirmou.

O empate com o Vitória foi mais um em uma rotina de igualdades do Fluminense - são três consecutivos na temporada e seis em 14 jogos no Brasileirão. Levir garante não enxergar uma razão para tantos empates do seu time.

"Não existe explicação lógica. Se o juiz marca o pênalti, poderíamos ter vencido. Se um jogador do Vitória tivesse acertado um dos chutes, Diego fez grandes defesas, poderíamos ter perdido. É normal, ruim, mas normal. Ninguém sabe explicar exatamente o motivo", comentou.

Com o resultado, o Fluminense chegou aos 18 pontos, em 11º lugar no Brasileirão. Na próxima rodada, o time vai receber o Cruzeiro, às 16 horas de domingo, em Edson Passos.