Froome segue em 1º e colombiano Urán assume vice-liderança da Volta da França

Esportes

Froome segue em 1º e colombiano Urán assume vice-liderança da Volta da França

Redação Folha Vitória

Briancon, França - A 17ª etapa da Volta da França, realizada nesta quarta-feira entre La Mure e Serre Chevalier, com um percurso de 185 quilômetros, foi vencida por um novato - o esloveno Primoz Roglic - e deixou a classificação geral com um novo vice-líder, o colombiano Rigoberto Urán. Mas o detentor da camiseta amarela não mudou e segue sendo o britânico Chris Froome, que até ampliou a sua vantagem.

Roglic completou a primeira etapa alpina da Volta da França com o tempo de 5h07min41. Mais atrás, Urán superou Froome em um frenético sprint até a meta, terminando a etapa em segundo lugar, a 1min13 do esloveno e com a mesma marca do britânico e dos franceses Romain Bardet e Warren Barguil.

Urán, assim, subiu do quarto para o segundo lugar na classificação geral, a 27 segundos de Froome, enquanto Bardet se manteve na terceira posição, com a mesma diferença. Já o italiano Fabio Aru teve problemas na montanha, ficou a 21 segundos do pelotão do líder e caiu para o quarto lugar, a 53 segundos do britânico.

Bardet explicou que tentou se desvencilhar de Urán e de Froome, que foi auxiliado por Mikel Landa, seu escudeiro, mas não teve êxito. "Fiz todo o possível. Me esforcei para conseguir a camiseta e estiver perto de me desvencilhar no topo do Galibier. Eu ataquei, é isso que me encanta correr. Eu não lamento nada, eu tentei de tudo", disse.

Depois, o grupo realizou a descida em velocidade máxima para deixar Aru para trás. "Nesse ponto da prova, todos estamos de joelhos. Porém, ainda falta muita corrida", afirmou Froome, que vai ficando perto do tricampeonato consecutivo e do seu quarto título da Volta da França.

O alemão Marcel Kittel, que venceu cinco etapas neste ano e que vestia a camiseta verde, destinada ao maior pontuador, abandonou a Volta da França após sofrer uma queda nos 20 primeiros quilômetros da etapa desta quarta-feira. O australiano Michael Matthews herdou a camiseta verde.

Barguil segue com a camiseta branca com bolinhas vermelhas, destinada ao melhor montanhista, o britânico Simon Yates continua com a branca, dada ao melhor jovem, enquanto a Sky permanece sendo a melhor equipe.

Há a expectativa de que a Volta da França possa ser definida nesta quinta-feira, na segunda e última etapa nos Alpes, na etapa entre Briançon e Col d'Izoard, com um percurso de 178 quilômetros e que inclui três passagens de montanha.