Levir Culpi minimiza irritação de Lucas Lima em substituição

Esportes

Levir Culpi minimiza irritação de Lucas Lima em substituição

Redação Folha Vitória

Curitiba - O técnico Levir Culpi evitou polemizar sobre a irritação demonstrada pelo meia Lucas Lima ao ser substituído nos minutos finais da vitória do Santos sobre o Atlético-PR por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

O meia, que fez grande exibição em Curitiba, chutou um copo de água na frente do banco de reservas e reclamou com Elano, auxiliar técnico do Santos.

"O fato de um jogador sair descontente, para mim, é muito legal. O cara não quer sair, quer ficar em campo. Isso é bom. Ninguém vai sair sorrindo. Mas é claro que não pode sair chutando tudo", comentou o treinador. "É uma coisa que resolvemos dentro de casa, é como nas discussões de família."

Em relação ao desempenho da equipe, Levir elogiou a virada santista, mas reconheceu limitações do Santos, principalmente na cobertura dos laterais do Atlético. "Não gostei das laterais porque, em menos de cinco minutos, o lateral-esquerdo do Atlético foi pra dentro do nosso gol. Não gostei da marcação, tínhamos uma preocupação com este tipo de jogada e não fizemos o que deveríamos fazer logo no início da partida", afirmou.

O treinador também fez elogios ao rival e avisou que deve fazer mudanças na equipe em relação aos próximos jogos. "Estamos aprendendo com esses erros. Eles são ótimos, fortes, bons na bola aérea e finalizadores. Precisamos ajeitar algumas coisas", declarou Levir, sem indicar o que deve alterar no time.

O triunfo fora de casa - no estádio Durival de Brito - deixou o Santos em boa vantagem nas oitavas de final da Libertadores. O time paulista avança às quartas de final mesmo se perder por 1 a 0 ou 2 a 1 na partida da volta, marcada para o dia 10 de agosto, na Vila Belmiro. Empate também garante o Santos na próxima fase.