'O momento é difícil, mas temos condições de reverter', diz Pintado no São Paulo

Esportes

'O momento é difícil, mas temos condições de reverter', diz Pintado no São Paulo

Redação Folha Vitória

Santos - O auxiliar técnico Pintado, que dirigiu a equipe do São Paulo na derrota para o Santos neste domingo, na Vila Belmiro, por 3 a 2, acredita que a equipe mostrou força suficiente para assegurar que irá sair em breve da vice-lanterna do Campeonato Brasileiro. Depois de estar perdendo por 3 a 0, até os 30 minutos da etapa final, o time fez dois gols, com Shaylon e Arboleda, e ainda desperdiçou um pênalti com Lucas Pratto, que acertou a trave.

"Temos de manter o pés no chão e ver a realidade. O momento é difícil, mas temos condições de reverter. Saímos de um resultado adverso e chegamos próximo do empate. Não vejo nada anormal, que não possa consertar. Só conheço um São Paulo vencedor, que briga na parte de cima da tabela", afirmou o treinador interino.

Pintado confia que, na próxima partida, quinta-feira, diante do Atlético-GO, o São Paulo iniciará sua reação com o técnico Dorival Junior, que será apresentado nesta segunda como novo comandante tricolor. "Dorival já tem um caminho para a gente. Ele vai chegar e vai trazer oxigênio. Ele vai nos levar para a frente e vamos começar a comemorar vitórias", disse Pintado.

Na opinião do treinador, outro aspecto importante do clássico deste domingo, apesar da derrota, foi a estreia de Jonatan Gomez e Richard Arboleda. Gomez estreou no lugar de Cueva, barrado por decisão da comissão técnica, e Arboleda foi escolhido para ocupar o lugar no time que vinha sendo de Lugano. "O Jonatan (Gómez) foi muito bem e o Robert, também. Eles entregaram o que se esperava deles e serão muito úteis. A gente tem força para se recuperar", afirmou o são-paulino.