Suelen perde peso e ganha a oportunidade da vida na seleção brasileira de vôlei

Esportes

Suelen perde peso e ganha a oportunidade da vida na seleção brasileira de vôlei

Redação Folha Vitória

São Paulo - Entre idas e vindas na seleção brasileira de vôlei, a líbero Suelen será titular na estreia do Brasil no Grand Prix contra a Bélgica, nesta sexta-feira, às 13h30 (de Brasília), na Turquia. Será mais uma oportunidade para se consolidar como uma das apostas do técnico José Roberto Guimarães no processo de renovação da equipe para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em 2020.

O que mudou nesse caminho ao longo dos anos? O treinador da seleção brasileira responde: "Sempre disse: ‘Falta você investir em você’. Acho que agora isso está acontecendo e ela tem se apresentado muito bem".

A primeira demonstração da mudança de comportamento é conferida no aspecto físico. Suelen, que tem 1,69 metro de altura e via o ponteiro da balança perto da casa dos 100 quilos, passou por uma cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como redução de estômago. "Perdi um peso considerável, mas continuo fazendo as mesmas coisas com um pouco menos de sobrecarga", disse a líbero.

Zé Roberto Guimarães destaca o grande passo dado pela atleta e já vê os efeitos dentro de quadra. "A Suelen é muito boa tecnicamente e tem um perfil físico que tem de ser respeitado. Mas agora a vejo se movendo melhor, está mais rápida, chegando melhor nas bolas. Ela perdeu uns 25 quilos, isso fez a diferença".

Ao longo da carreira, a jogadora teve de lidar com a desconfiança e até com comentários maldosos por estar acima do peso considerado ideal para uma atleta de alto rendimento. O questionamento tem sido substituído pela aceitação. "Temos de pensar em um biotipo adequado para um atleta, em quanto a resposta muscular influenciará nas bolas que ela vai defender e recepcionar. A gente tem de buscar esse porcentual de gordura. Ela está muito empenhada e isso está sendo muito benéfico em todos os sentidos", valorizou Zé Roberto Guimarães.

Outro aspecto que teve influência no amadurecimento de Suelen foi a vivência internacional adquirida em sua passagem no Foppapedretti Bergamo, da Itália, na última temporada. A convivência com atletas de diversas nacionalidades em uma liga competitiva é um dos pontos positivos enumerados pela líbero, que está de volta ao Brasil depois de sua primeira experiência na Europa e defenderá o Praia Clube, de Uberlândia (MG), na próxima Superliga.

Na seleção brasileira, Suelen tem aproveitado a ausência de Léia, que pediu dispensa por motivos pessoais, para ganhar espaço e quer ajudar o Brasil, atual campeão do Grand Prix, na busca do 12.º título. "Agora tem de mostrar trabalho e colocar uma pontinha de dúvida na cabeça dele (Zé Roberto). Acho que esse primeiro ano é um dos mais importantes do ciclo".