• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após derrota para o Fluminense, Roger Machado é demitido do Palmeiras

Esportes

Após derrota para o Fluminense, Roger Machado é demitido do Palmeiras

A diretoria preferiu romper o contrato de Roger Machado após a derrota para o Fluminense para evitar que ficasse muito tarde uma troca de comando

Roger Machado não é mais o técnico do Palmeiras. O treinador não suportou a derrota para o Fluminense, por 1 a 0, na noite de quarta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro, e foi demitido pouco depois do término da partida. O clube confirmou a saída dele em seu site oficial no início da madrugada desta quinta.

O treinador foi anunciado pelo Palmeiras ainda no final do ano passado, já para se ter uma antecipação do planejamento para a temporada de 2018, com a discussão de reforços e a transição de comando. O começo dele agradou com uma sequência positiva de vitórias no início do Campeonato Paulista. Porém, essa largada ruiu logo diante daquele que seria o grande pesadelo do treinador: o dérbi contra o Corinthians.

A derrota para o maior rival na primeira fase do Estadual e, principalmente, o vice-campeonato paulista vindo na sequência abalaram a confiança no trabalho do técnico. Uma nova derrota para o Corinthians viria logo depois, já pelo Brasileirão, o que faria a gestão do treinador ficar cercada de desconfiança nos bastidores. Nem mesmo os bons resultados na Copa Libertadores ajudaram.

Nas mãos de Roger Machado, o Palmeiras teve a melhor campanha da primeira fase da competição, com 16 pontos em 18 possíveis, e uma classificação tranquila para as oitavas de final. No entanto, o técnico não conseguiu disputar o mata-mata ao ser demitido depois de 44 jogos e 68% de aproveitamento, pelo início irregular no Brasileirão. Nem mesmo a intertemporada durante a Copa do Mundo da Rússia fez a equipe ter atuações mais regulares.

A diretoria preferiu romper o contrato de Roger Machado após a derrota para o Fluminense para evitar que ficasse muito tarde uma troca de comando. O intuito é de mexer com a equipe a tempo de nas oitavas de final da Libertadores contra o Cerro Porteño, do Paraguai, um novo comandante já estar no cargo com tempo hábil para fazer o badalado elenco alviverde render o esperado, algo que também não conseguiu em 2017.

Criticado pela pouca experiência, Roger Machado deve dar lugar a algum treinador mais renomado. Já sondado pelo Palmeiras em outras ocasiões, Abel Braga, atualmente sem clube, é um dos nomes mais cotados para assumir o cargo. Enquanto isso, o técnico Wesley Carvalho, do elenco sub-20, assume o comando interinamente.