• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Barbieri lamenta chances perdidas e diz que derrota não abala o Flamengo

Esportes

Barbieri lamenta chances perdidas e diz que derrota não abala o Flamengo

Com a derrota para o São Paulo, o Rubro-Negro sofreu a segunda derrota no Brasileirão, mas segue na liderança

O técnico Maurício Barbieri avaliou que o Flamengo pecou nas finalizações, o que acabou sendo determinante para o time ser batido pelo São Paulo por 1 a 0, na noite de quarta-feira, no Morumbi, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para ele, o time carioca dominou o confronto, mesmo que tenha sido derrotado.

"Tivemos um domínio grande do jogo. O São Paulo veio com uma proposta que já é deles, que é esperar no contra-ataque. Porém, mesmo assim conseguimos criar boas chances, com o Paquetá, Marlos, Uribe. Tivemos contragolpes que poderíamos ter finalizado melhor no segundo tempo, duas chances claras depois de levar o gol. Enfrentamos uma equipe experiente, que sabe se defender bem. Procuramos mexer na estrutura da equipe, tentar achar outras soluções para o segundo tempo, mas faltou concluir melhor", analisou.

Apesar da derrota, o Flamengo continua na liderança do Brasileirão, ainda que agora com uma vantagem de apenas um ponto - 27 a 26 - para o São Paulo. Tentando exibir tranquilidade, Barbieri garantiu que o resultado não afeta a confiança do time e só lamentou que a equipe não tenha retribuído o apoio da torcida que encheu o Maracanã - foram 51.777 pagantes - com uma vitória.

"Não nos abala. Estamos insatisfeitos pelo resultado, pois não era o que gostaríamos. Pelo domínio e pela maneira que jogamos, fizemos uma partida relativamente boa. Lutamos muito, buscamos bastante o gol de formas diferentes. Precisamos ajustar o que erramos. Seguimos na liderança do campeonato, então devemos seguir com a mesma dedicação, empenho e luta. Os jogadores exaltaram o apoio da torcida na conversa no vestiário, que apoiou e aplaudiu mesmo com a derrota", completou.

Logo no início da etapa final, o São Paulo aproveitou momento de desorganização da defesa do Flamengo para marcar o seu gol com Everton. Apesar disso, Barbieri negou que o time tenha ficado vulnerável aos contra-ataques do rival na partida de quarta-feira.

"Aconteceram mais contra-ataques no primeiro tempo do que no segundo. Sofremos mais em lances de escanteio ofensivos nossos, conversamos no intervalo para acertar. No lance do gol, o Renê tentou uma bola longa e ela acabou ficando curta. O Everton conseguiu antecipar ele. Procuramos sempre reagir rápido e acredito que conseguimos fazer isso, especialmente no fim do jogo. Não é uma situação nova enfrentar equipes mais fechadas, então vamos buscando alternativas para passar por isso", concluiu.

Em busca da reabilitação no Brasileirão, o Flamengo voltará a jogar no sábado, novamente no Maracanã, diante do Botafogo, pela 14ª rodada.