• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Descansado, Vasco busca milagre contra o Bahia nas oitavas da Copa do Brasil

Esportes

Descansado, Vasco busca milagre contra o Bahia nas oitavas da Copa do Brasil

O Vasco tem como trunfo a força de sua torcida para dar o troco no time baiano. Neste domingo, o clube abriu o último treino antes da partida em São Januário

Descansado pela pausa das competições para disputa da Copa do Mundo da Rússia, e renovado após chegadas e saídas de jogadores, o Vasco busca um milagre contra o Bahia nesta segunda-feira, às 20 horas, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, no jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Como perdeu por 3 a 0 a primeira partida na casa do adversário, em maio, o time carioca precisa vencer por quatro ou mais gols de diferença para avançar às quartas de final, ou, então, devolver a vantagem de três do placar da ida e decidir a partida nas penalidades. O regulamento da competição não prevê mais o gol marcado fora de casa como critério de desempate.

O Vasco tem como trunfo a força de sua torcida para dar o troco no time baiano. Neste domingo, o clube abriu o último treino antes da partida em São Januário. Cerca de três mil torcedores compareceram ao estádio para apoiar os jogadores e mandar energias positivas. "Eu acredito" e "Fé" eram algumas das palavras que se viam em cartazes nas arquibancadas.

Os jogadores também optaram pelo discurso carregado de otimismo. Eles reconhecem que a missão é árdua mas dizem acreditar ser possível reverter o resultado. "Sabemos que é difícil, mas a história do clube já provou que é possível. Se não me engano, só tivemos duas vitórias por três gols de diferença. Então, temos de ter calma. Sabemos que três gols é um placar considerável, mas temos condições", disse Yago Pikachu.

"O grupo está muito mais confiante e sabemos que temos totais condições de reverter esse placar dentro de São Januário, com o apoio da nossa torcida. Posso garantir que vamos fazer tudo que for possível para reverter o resultado e sair de campo com a classificação", afirmou o volante Andrey.

Em relação à escalação, o técnico Jorginho tem feito mistério e não confirmou quem jogará. A maior dúvida é sobre quem jogará no comando de ataque. Andrés Ríos não participou da intertemporada da equipe em Pinheiral (RJ) pois tinha situação indefinida no clube, o que fez com que o treinador treinasse com o meia Evander improvisado na posição. Ríos, no entanto, renovou seu vínculo com o Vasco e apesar de ter sido ausência em alguns treinamentos, deve ser o titular.

Dos reforços - Lenon, Oswaldo Henriquez e Maxi López - apenas o lateral-direito está apto a jogar. O zagueiro colombiano e o atacante argentino foram oficializados nos últimos dias e ainda precisam ser regularizados. Riascos, Wellington, Erazo e Bruno Paulista foram negociados e deram adeus.

No Bahia, o cenário não é tão diferente: há pressão, mudanças e dúvidas quanto à escalação titular. O time baiano tem sido muito cobrado após a perda da Copa do Nordeste para o Sampaio Corrêa e passou por algumas mudanças no elenco. A começar pelo técnico. Há cerca de um mês, Enderson Moreira deixou o América-MG para assumir a equipe baiana e substituir de Guto Ferreira, demitido no começo de junho.

Na linha, chegaram o lateral-direito Bruno e o centroavante Gilberto. Os dois estão regularizados, mas não foram relacionados para enfrentar o Vasco. Por outro lado, o zagueiro Rodrigo Becão se transferiu para o CSKA Moscou, da Rússia, e o lateral-direito João Pedro, que pertencia ao Palmeiras, foi negociado com o Porto, de Portugal.

Enderson Moreira fechou as últimas atividades do Bahia em que ensaiou a provável escalação que inicia a partida contra o Vasco. Certo é que o goleiro Douglas e o centroavante Kayke, que se recuperam de lesão e não têm treinado, estão fora da partida.