Inter conta com retorno de Rodrigo Dourado para se reabilitar diante do Botafogo

Esportes

Inter conta com retorno de Rodrigo Dourado para se reabilitar diante do Botafogo

Redação Folha Vitória

Com o retorno de Rodrigo Dourado, o Internacional junta os cacos após a derrota por 2 a 1 para o América-MG na última quinta-feira e busca se reerguer no Campeonato Brasileiro neste domingo, às 16 horas, quando enfrenta o Botafogo no Beira-Rio, pela 16ª rodada.

O revés para o América-MG foi sentido, visto que interrompeu a série invicta de dez jogos e impediu que a equipe dividisse a vice-liderança com o São Paulo, além de ainda perder duas posições, caindo para o quinto lugar, com os mesmos 26 pontos do Grêmio, mas atrás do arquirrival por ter saldo de gols inferior.

A derrota também impossibilitou que Odair Hellmann empatasse com o recorde recente de Muricy Ramalho. Em 2005, o ex-treinador e hoje comentarista conseguiu uma invencibilidade de 11 jogos no comando do time colorado.

Em casa, Odair Hellmann não terá D'Alessandro, expulso em Belo Horizonte, mas, por outro lado, conta com o retorno do Rodrigo Dourado, que cumpriu suspensão na ultima rodada. O volante é peça fundamental para fortalecer o meio-campo e dar o equilíbrio que o time precisou mas não teve diante do América-MG.

Quem jogará no comando de ataque do Inter é o grande mistério. Como Odair pretende restabelecer o esquema com três volantes - Dourado, Edenilson e Patrick - e Lucca e Nico López devem ser titulares, William Pottker, Leandro Damião e Jonatan Álvez brigam por uma vaga na frente.

William Pottker é quem mais tem jogado. Apesar da má fase - ele ficou 15 partidas, ou mais de mil minutos, sem balançar as redes - o jogador é titular desde o começo da temporada e mantém prestígio com o treinador colorado. Leandro Damião está voltando de lesão e foi titular na derrota para o América-MG, já que a equipe atuou com quatro atacantes.

Entretanto, Damião não foi bem e deu lugar a Jonatan Álvez na segunda etapa da partida. O uruguaio, anunciado como reforço há poucos dias, mostrou poder de fogo logo em sua estreia e fez o gol de honra do time colorado no revés que pode servir de credencial para começar a partida contra o Botafogo.