• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Maior reforço do Vasco no ano, Maxi López exalta torcida em apresentação

Esportes

Maior reforço do Vasco no ano, Maxi López exalta torcida em apresentação

A diretoria do Vasco apresentou nesta terça-feira seu maior reforço da temporada 2018. O atacante argentino Maxi López, com passagem pelo Grêmio, assinou contrato até 31 de dezembro de 2019 e aproveitou a oportunidade para exaltar o novo clube e sua torcida, que conheceu na segunda-feira.

"Para mim, é uma oportunidade muito importante vir para um grande time. Falei antes que estava com vontade de voltar ao Brasil. Me senti importante quando meu empresário falou do Vasco", disse o argentino, ao ser apresentado oficialmente no clube, pelo presidente Alexandre Campello.

"Quando me falaram do Vasco, eu falei 100% sim. É uma coisa importante, deixei minha família toda na Itália. Aceitei pelo projeto, por ser o centro de uma equipe, com muitos jovens e me empolguei. É um projeto que eu queria seguir, voltar ao Brasil", afirmou o reforço vascaíno.

Maxi López desembarcou no Rio de Janeiro na segunda-feira. E foi direto para o estádio, onde assistiu à vitória do Vasco sobre o Bahia por 2 a 0, pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil - o time carioca foi eliminado porque perdera na ida pelo placar de 3 a 0.

No estádio, o argentino teve a oportunidade de conhecer a torcida vascaína. E, apesar do tumulto nas arquibancadas após a eliminação, o atacante se disse encantado com os torcedores. "Durante o jogo que acompanhei, vi a equipe muito aguerrida, com muita raça. Consegui assistir o jogo de segunda-feira e fiquei apaixonado pela torcida. Vou fazer o melhor trabalho possível para dar alegria aos torcedores."

Com 34 anos, o argentino iniciou sua carreira em 2001 no River Plate. Quatro anos depois, foi negociado com o Barcelona, onde chegou a jogar ao lado de Ronaldinho Gaúcho e Lionel Messi. Sem destaque no clube catalão, o argentino circulou por diversos times da Europa, com passagens por Milan, Torino e Udinese, onde jogou na última temporada europeia.

Em 2009, o atacante teve sua única experiência no futebol brasileiro. Ele atuou durante uma temporada pelo Grêmio, sem maior destaque, e acabou voltando para a Europa, onde passou a jogar no futebol italiano.