• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Marcelo Oliveira exalta vitória do Fluminense por 1 a 0: 'Foi quase uma goleada'

Esportes

Marcelo Oliveira exalta vitória do Fluminense por 1 a 0: 'Foi quase uma goleada'

O Fluminense foi inferior no primeiro tempo, porém conseguiu converter a única chance clara para impor à equipe paulista um resultado complicado. Gilberto marcou o gol do jogo aos 42 minutos da etapa inicial

O técnico Marcelo Oliveira gostou tanto da vitória do Fluminense sobre o Palmeiras por 1 a 0 no Maracanã na quarta-feira que, na opinião dele, o placar magro fora de casa pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro "foi quase uma goleada".

"É muito importante pontuar em casa, esse era o foco. A receita foi jogar um jogo forte, competitivo, respeitar a todos e tentar fazer um bom jogo. Sabíamos que seria extremamente difícil. O 1 a 0 foi excepcional para nós. Muito bom comemorar uma vitória dessa grandeza contra o Palmeiras que tem um dos melhores elencos do Brasil", afirmou o treinador.

O Fluminense foi inferior no primeiro tempo, porém conseguiu converter a única chance clara para impor à equipe paulista um resultado complicado. Gilberto marcou o gol do jogo aos 42 minutos da etapa inicial.

"Tivemos um primeiro tempo de contra-ataques. O Palmeiras roda muito os jogadores em campo, tivemos uma certa dificuldade de marcação, mas ajustamos isso depois. A vantagem do placar nos deu uma condição melhor no segundo tempo para sair jogando com mais rapidez. Infelizmente, não escolhemos a melhor jogada de contra-ataque, porque tivemos umas três vezes essa situação e não foi concretizada", analisou Marcelo Oliveira.

O elenco do Fluminense embarca nesta quinta-feira para Fortaleza, onde enfrentará o Ceará no próximo sábado, às 16h, no Estádio Presidente Vargas, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador reclamou do excesso de jogos nesse reinício de competição.

"Isso acontece com todas as equipes do Campeonato Brasileiro, jogando frequentemente, é sempre muito difícil, pois todo mundo perde um ou outro jogador. Tem que estar com o elenco preparado. No caso do Flu, perdeu muitos jogadores, mas conseguimos montar o time jogando pelos lados, foi a forma que encontramos para tentar parar o Palmeiras, que é um time altamente técnico", disse.