• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Monteiro culpa saque por derrota, mas comemora campanha em Hamburgo

Esportes

Monteiro culpa saque por derrota, mas comemora campanha em Hamburgo

Apesar da eliminação, nesta sexta-feira, o tenista brasileiro Thiago Monteiro comemorou a boa campanha no saibro do Torneio de Hamburgo. O número 1 do Brasil foi derrotado nas quartas de final, em sua melhor performance num torneio de nível ATP na temporada até agora.

"Não saquei bem como vinha fazendo na semana tive dois games importantes com 40 a 30 e não confirmei no segundo e no terceiro sets, fiz um bom primeiro set e passei a oscilar a partir do segundo", comentou o brasileiro, após ser derrotado pelo eslovaco Jozef Kovalik por 2 sets a 1, na cidade alemã.

"Kovalik fez um jogo sólido a partir do segundo set e mereceu a vitória. Apesar da derrota saio contente, foi uma ótima semana, é seguir em frente e ir com tudo para Kitzbühel", afirmou Monteiro, que deve dar um salto de quase 30 posições no ranking, na segunda-feira, passando de 146º para 119º. Na sequência, o brasileiro vai competir em Kitzbühel, na Áustria.

Por coincidência, foi a segunda derrota de Monteiro para Kovalik no mesmo torneio. Ele havia sido batido pelo rival no qualifying. Mas, mesmo assim, entrou na chave como "lucky loser" por causa da desistência do italiano Andreas Seppi. Na chave principal, Monteiro fez bonito ao derrotar dois ex-Top 10, o francês Gilles Simon e o espanhol Fernando Verdasco.

Kovalik, ao vencer Monteiro pela segunda vez, avançou à semifinal. Seu próximo adversário será o argentino Leonardo Mayer, que ajudou a protagonizar o dia das "zebras" em Hamburgo. Ele despachou o compatriota Diego Schwartzman por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3. Schwartzman era o cabeça de chave número dois da competição.

O argentino não foi o único a decepcionar. Principal candidato ao título, o austríaco Dominic Thiem também caiu. Ele foi batido pelo chileno Nicolas Jarry, vice-campeão do Brasil Open, pelo placar de 7/6 (7/5) e 7/6 (9/7).

Terceiro cabeça de chave, Pablo Carreño Busta também se despediu nesta sexta. Ele foi derrotado pelo georgiano Nikoloz Basilashvili por 7/6 (7/3) e 6/4. Basilashvili e Jarry vão disputar a outra semifinal da competição alemã, de nível ATP 500.