• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

No duelo dos lanternas da Série B, Boa vence o Sampaio Corrêa em casa

  • COMPARTILHE
Esportes

No duelo dos lanternas da Série B, Boa vence o Sampaio Corrêa em casa

O Boa levou a melhor no duelo dos lanternas da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, em jogo fraco tecnicamente, o time mineiro derrotou o Sampaio Corrêa por 3 a 1, no estádio Dilzon Mello, em Varginha (MG), no encerramento da 18ª rodada.

Apesar do resultado, os mineiros seguem na lanterna da competição, com apenas 13 pontos, sete atrás do Criciúma, primeiro fora da zona de rebaixamento. O Sampaio, por outro lado, segue afundando na tabela. O time maranhense chegou ao oitavo jogo sem vitória (6 derrotas e dois empates) e é o penúltimo colocado, com 16 pontos.

Anunciado nesta semana como novo treinador do Sampaio, Paulo Roberto Santos, ex-São Bento, acompanhou a partida de um dos camarotes do estádio. O auxiliar Arlindo Maracanã foi quem comandou a equipe na beira do gramado no lugar de Roberto Fonseca, demitido mesmo tendo conquistado a Copa do Nordeste.

O jogo começou animado, com os dois times trocando ataques perigosos, mas quem abriu o placar foi o Boa. Hélder arrancou pela direita, cortou para o meio e bateu forte. A bola desviou na defesa e matou Andrey, aos 12 minutos.

O Sampaio foi obrigado a sair mais para o ataque e acabou empatando aos 21 minutos. Fernando Sobral caprichou na cobrança de falta lateral e colocou na cabeça de Uilliam, que não desperdiçou.

O empate deixou o jogo ainda mais aberto. Os mineiros tiveram boa chance de marcar aos 28 minutos. Jadson arrancou e atravessou a bola para Daniel Cruz. O meia chegou batendo de primeira e errou o alvo por pouco.

O duelo caiu de nível no segundo tempo, mas seguiu corrido. Bruno Moura colocou a bola na área e, sem querer, carimbou o travessão de Fabrício. O tempo transcorreu de forma melancólica. No campo de ataque, Sampaio e Boa mostraram por que ocupam as duas últimas posições da Série B.

As equipes exageraram no número de erros no campo de ataque e tiveram dificuldades na criação. Num dos raros momentos de inspiração, o Boa voltou a ficar na frente aos 27 minutos. Depois de cruzamento de Bruno Tubarão, Machado apareceu na área para completar para o gol.

Logo em seguida, os mineiros aproveitaram a queda de produção do adversário e ampliaram aos 30 minutos. Depois de cruzamento, desta vez da direita, Kaio Cristian deu um leve desvio na frente do gol apenas para deslocar Andrey.

O Boa encerra o primeiro turno contra o Oeste, na próxima sexta-feira, às 20h30, na Arena Barueri. No sábado, o Sampaio Corrêa encara o Criciúma, às 21 horas, no Castelão, em São Luís (MA).

FICHA TÉCNICA:

BOA 3 x 1 SAMPAIO CORRÊA

BOA - Fabrício; Helder, Luan, Rafael Jensen e Jadson; Maycon (Machado), Djavan, Daniel Cruz (William Barbio), Bruno Tubarão e Kaio Cristian (Alyson); Douglas Baggio. Técnico: Ney da Matta.

SAMPAIO CORRÊA - Andrey; Bruno Moura (Marcelo), Fredson, Maracás e Alyson; Silva, Esquerdinha, Danilo Pires (Dalberto), Fernando Sobral e Alvinho (Reginaldo Júnior); Uillian. Técnico: Arlindo Maracanã (interino).

GOLS - Hélder, aos 13, e Uillian, aos 21 minutos do primeiro tempo. Machado, aos 27, e Kaio Cristian, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Maycon e Djavan (Boa); Uilian (Sampaio Corrêa).

ÁRBITRO - Diego Pombo Lopez (BA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Dilzon Mello, em Varginha (MG).