• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novo dirigente mantém indefinição sobre futuro de Osorio na seleção do México

Esportes

Novo dirigente mantém indefinição sobre futuro de Osorio na seleção do México

Ainda não será nesta semana que Juan Carlos Osorio terá definida sua situação na seleção do México. Nesta quarta-feira, o novo diretor geral esportivo da Federação Mexicana de Futebol, Guillermo Cantú, afirmou que não decidiu ainda quem será o treinador da equipe, eliminada nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia pela sétima vez consecutiva.

"O assunto do técnico é um tema importante. Acredito que é urgente, mas é mais importante que urgente e por isso vamos tomar o tempo necessário para tratar do assunto e tomar a melhor decisão", declarou Cantú, ao assumir a função na entidade mexicana, em entrevista coletiva.

Apesar da cautela, Cantú admitiu que vem conversando com Osorio nas últimas semanas, em busca de um acerto para renovação do seu contrato, encerrado ao fim da participação mexicana no Mundial da Rússia. Ex-treinador do São Paulo, Osorio comandava a seleção do México desde 2015.

Para Cantú, o técnico tem méritos por ter classificado a equipe para a Copa na primeira colocação das Eliminatórias da Concacaf, o que não acontecia desde o Mundial de 1998. No entanto, Osorio não alcançou a meta de levar o time ao menos até as quartas de sinal em solo russo.

O que também pesa contra o treinador é o velho hábito de fazer rodízio de jogadores, o que já era criticado quando ele treinou o São Paulo em 2015. Além disso, ele tem no currículo a dura derrota por 7 a 1 para o Chile na Copa América Centenário, em 2016. Também incomodou o revés por 3 a 0 para a Suécia na fase de grupos, na Rússia.

"Ao fim da Copa, Osorio teve encerrado o contrato e temos tido conversas. Mas as duas partes ainda não chegaram a um acordo sobre qual caminho seguir. A estimativa sobre se ele fica ou vai embora, ou se virá outro treinador, é assunto para outra entrevista coletiva", disse o novo dirigente, ao desconversar sobre o assunto.

Cantú não terá muito tempo para negociar e decidir sobre o futuro do comando técnico da seleção. Isso porque a equipe mexicana já tem agendados dois amistosos em setembro, contra o Uruguai e contra os Estados Unidos nos dias 7 e 11 de setembro, respectivamente.