• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Oficializado pelo Liverpool, Alisson se torna o goleiro mais caro da história

  • COMPARTILHE
Esportes

Oficializado pelo Liverpool, Alisson se torna o goleiro mais caro da história

Ao ser oficializado nesta quinta-feira como novo reforço do Liverpool, o brasileiro Alisson também se tornou o goleiro mais caro da história do futebol. O jogador foi contratado junto à Roma em uma negociação cujo valor total pode chegar a 72,5 milhões de euros (cerca de R$ 326 milhões), sendo que 62,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 281 milhões) são fixos e há a possibilidade de acrescer 10 milhões de euros (algo em torno de R$ 45 milhões) ao negócio por metas alcançadas.

A transferência superou com sobras o montante da contratação de Gianluigi Buffon pela Juventus, em julho de 2001, quando o clube de Turim desembolsou cerca de 53 milhões de euros (cerca de R$ 105 milhões pela cotação da época) para tirá-lo do Parma.

Em junho do ano passado, o também brasileiro Ederson se tornou um dos goleiros mais caros de todos os tempos ao ser contratado pelo Manchester City junto ao Benfica por 40 milhões de euros (aproximadamente R$ 147 milhões pela conversão de moedas daquela ocasião).

Alisson, por sinal, foi o segundo brasileiro a virar reforço do Liverpool nesta janela de transferências do futebol europeu. Em 28 de maio, dois dias depois de o time inglês ser derrotado pelo Real Madrid por 3 a 1 na final da Liga dos Campeões, o meio-campista e lateral Fabinho foi anunciado pelo clube inglês ao ser adquirido junto ao Monaco.

Naquela ocasião, os valores da transação não foram oficialmente divulgados, mas a imprensa inglesa noticiou que o Liverpool desembolsou 50 milhões de euros (cerca de R$ 216 milhões na época) para tirar o jogador do time monegasco.

E o Liverpool vem se especializando em contratações de valores estratosféricos de atletas para o seu setor defensivo. No final do ano passado, o holandês Virgil van Dijk deixou o Southampton para atuar pela equipe do técnico Jürgen Klopp após um negócio de 75 milhões de libras (aproximadamente R$ 330 milhões pela cotação da época), quando se tornou o zagueiro mais caro da história do futebol.